Meio Ambiente

Uefs sedia 60º Congresso de Botânica

Pesquisadores e estudantes de diversas instituições brasileiras participam, até sexta-feira (3/7), do 60º Congresso Nacional de Botânica (60º CNBot). O evento acontece pela primeira vez na região do semi-árido.

As atividades foram abertas na noite deste domingo (28) no Auditório Central da Universidade Estadual de Feira de Santana, pelo presidente do evento, o professor doutor Carlos Wallace Nascimento Moura. Ele enfatizou a importância da troca de idéias e de experiências e defendeu novos investimentos do poder público para a pesquisa científica em prol da qualidade de vida da população.

A estimativa inicial indica a presença de cerca de 3 mil pesquisadores na Uefs, que sedia simultaneamente ao 60º Congresso, o  29º Encontro Regional de Botânicos – MG, BA, ES (29º ERBot) e a 32ª Reunião Nordestina de Botânica (32º RNBot).

O tema a ser abordado nesta edição é Botânica Brasileira: Futuro e Compromissos. Serão apresentados e divulgados os avanços científicos e tecnológicos na área da Botânica e analisadas a situação atual e as perspectivas de formação de botânicos no Brasil (professores, pesquisadores e técnicos). “As atividades levarão em conta os contextos e realidades científicas, sociais e econômicas”, salienta o professor Carlos Wallace Nascimento Moura, presidente do Congresso.

Com programação científica voltada à transdisciplinaridade da Botânica no Brasil, o congresso inclui temas que permitirão discutir e propor políticas públicas para a utilização sustentável da biodiversidade através de conferências, simpósios e mesas-redondas, conforme explica Carlos Moura. Além disso, a programação conta com cursos pré e pós-congresso, ministrados por especialistas da Botânica.

Está prevista, ainda, a reflexão sobre os 60 anos do Congresso Nacional de Botânica e a avaliação dos compromissos acordados através das Metas Nacionais de Biodiversidade para 2010 em relação à diversidade de plantas, fungos e algas.

O evento, promovido anualmente pela Sociedade Botânica do Brasil, é organizado pela Uefs com a colaboração da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), Universidade Sudoeste da Bahia (Uesb), Universidade do Estado da Bahia (Uneb), Universidade Federal da Bahia (Ufba) e Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB). Também participam a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e Jardim Botânico de Salvador (JBSS). O Congresso conta com o apoio do CNPq, Ministérios do Meio Ambiente e de Ciência e Tecnologia, Fapesb e Governo do Estado da Bahia.

Fonte: Ascom/Uefs.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top
%d blogueiros gostam disto: