Cultura

Tapiramutá fez São Pedro tradicional

O São Pedro de Tapiramutá, uma tradicional festa que acontece anualmente, mais uma vez buscou incentivar as tradições regionais e grandes nomes da música popular brasileira.

O Governo Municipal, em seu primeiro ano de gestão, buscou diversificar os ritmos para agradar os diferentes gostos musicais. Este ano, o maior São Pedro da Bahia terminou neste último final de semana.

Além da animação do público, a festa resgatou as tradições culturais como trança de fitas, apresentação de quadrilhas, quebra pote, pau de sebo, queima da fogueira em pé e chulas, a festa também contou com grandes artistas brasileiros.

Na sexta-feira (26/06), a cidade prestigiou a presença dos artistas Eclipse, Jailton Alves, Kalango Tião, Okimistura, além das atrações Parangolé e Sarakura. No sábado, se apresentaram as Bandas Pegadonna, Eclipse, Selva Branca, Ondas do Mar, Zezo (o príncipe do forró) e Moleca 100 Vergonha.

O cantor Amado Batista e as bandas Flor D’Açucena e Adão Negro encerraram a grande festa, que recebeu este ano mais de 50 mil pessoas durante os três dias.

O Prefeito Luciano Nery, em seus primeiros seis meses de administração, teve na festa de São Pedro uma das suas maiores realizações. “Nós entendemos que a saúde, educação, geração de emprego e renda são muito importantes para o nosso município e estamos trabalhando para isso. Contudo, é necessário também preservar a cultura do nosso município, além de proporcionar um pouco de lazer para o nosso povo”, disse o prefeito.

Por Cristina Ribeiro – Chapada Diamantina

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top
%d blogueiros gostam disto: