Economia

Prefeitura de Ilhéus ignora o MP

A Prefeitura de Ilhéus manteve a passagem de ônibus no valor de R$ 1, 90, contrariando um aviso do Ministério Público Estadual quanto à ilegalidade do reajuste.

Na última terça-feira (30), foi rejeitada pelo procurador-geral do município, Luiz Carlos do Nascimento, uma proposta de redução no valor da passagem. Ele se negou a assinar um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) que visava reduzir a tarifa para R$ 1,70. Esse era um reajuste que deveria ter sido aprovado pela Câmara Municipal, mas isso acabou não ocorrendo, gerando o imbróglio.

Segundo a Promotoria Regional de Ilhéus, o decreto assinado pelo prefeito Newton Lima, logo no início do ano, é de natureza ilegal. Por conta da decisão, representantes de várias entidades pretendem recorrer à justiça na tentativa de conseguir reduzir o valor.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top