Política

Barreiras pede candidatura de Geddel

O 6º encontro do PMDB, realizado neste domingo (5/7), em Barreiras, foi marcado pelos discursos em prol da candidatura do ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima, ao governo do Estado em 2010.

“A candidatura tem se mostrado intensamente forte, não apenas nos discursos, mas no entusiasmo geral expresso repetidamente a cada encontro do partido”, afirmou o presidente estadual da legenda, Lúcio Vieira Lima.

Ao se pronunciarem, os prefeitos convocaram vereadores e lideranças para que saiam em suas cidades, “em todos os cantos e recantos da Bahia”, levando a mensagem de candidatura de Geddel Vieira Lima. Nesse sentido, o anfitrião do encontro, Antônio Henrique, ex-prefeito de Barreiras, conclamou a todos para trabalharem a favor do “candidato do PMDB”.

“Estarei na frente de batalha levando o nome do ministro Geddel Vieira Lima pelo Oeste da Bahia”, declarou, em discurso, a prefeita de Baianópolis, Jandira Xavier (PMDB), que também agradeceu as ações do Ministério da Integração no seu município e na região.

O prefeito de Ibotirama, Wilson Leite, destacou “o caráter trabalhador” de Geddel e “as ações firmes e imediatas tomadas por ele para resolver problemas, muitas vezes históricos, da Bahia”. Ele lembrou que “assim que ele assumiu o ministério, tomou muitas providências. Hoje, os municípios ribeirinhos estão tocando as obras de infra-estrutura”, relatou Wilson Leite. Para ele, “a liderança e a disposição para o trabalho de Geddel o tornam o mais forte candidato a governador da Bahia”.

Presente ao encontro, o deputado estadual Arthur Maia (PMDB), fez duras críticas ao governo do Estado, principalmente na área de segurança e em relação às estradas daquela região, que se encontram em péssimas condições de conservação. Ele enfatizou a necessidade de ter uma estrutura que garanta o escoamento da produção agrícola do Oeste baiano. Em seu discurso, o peemedebista Robson Almeida, prefeito de Catolândia, pediu a Geddel Vieira Lima que, quando estiver no governo da Bahia, não trate o município pelo tamanho, mas pela baianidade de seus moradores. Com cerca de 3,4 mil moradores, Catolândia é o 3º menor município da Bahia.

Lúcio Vieira Lima falou da importância de o partido ter uma chapa forte de deputados apoiando a candidatura de Geddel ao governo do estado. Ele convocou o presidente do partido em Luiz Eduardo Magalhães, Fábio Lauck, também presente ao evento, e o ex-prefeito de Barreiras, Antônio Henrique, para serem candidatos a deputado estadual e federal, respectivamente. “Dessa forma, a candidatura de Geddel terá grande impulso na região”, frisou. O encontro de Barreiras foi encerrado em clima festivo, ao som do Hino Nacional e com o coro dos militantes: “Ô, Ô, Ô, Geddel governador”.

Geddel aponta soluções para problemas do Oeste

O ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima, chegou ontem ao aeroporto de Barreiras às 10h30, acompanhado pelos deputados estaduais Arthur Maia, Luciano Simões, Marizete Pereira, Virgínia Hagge e Joélcio Martins. A comitiva foi recepcionada pelo ex-prefeito de Barreiras, Antônio Henrique (PMDB), e pela deputada estadual do PRP, Antônia Pedrosa.

Já no Centro de Convenções do Hotel das Mangueiras, que sediou o sexto evento do programa “Encontros Regionais PMDB 2010”, Geddel foi recepcionado por inúmeros políticos e lideranças da região. Muito aplaudido em seu discurso, Geddel mostrou conhecimento sobre a região Oeste da Bahia – principal fronteira agrícola do estado e que concentra cerca de 90% da produção baiana de soja -, deixando todos os presentes com a certeza que ele realmente está preparado para assumir o governo do Estado. O ministro abordou as dificuldades enfrentadas por essa importante região produtora da Bahia, apontando soluções.

Geddel deixou claro que governar é definir prioridades e que elas, no seu ponto de vista, são no primeiro momento a segurança pública, a infraestrutura, a saúde e a educação. E encerrou seu discurso dizendo: “Eu não vim a Barreiras para falar mal de ninguém, mas para trazer esperança às pessoas”. O ministro recebeu uma comissão de professores e alunos da Universidade Estadual da Bahia – Uneb de Barreiras, que externou a preocupação com a possibilidade de o governo do estado vir a fechar o campus local da instituição, em função da expectativa de instalar uma Universidade Federal no município.

Geddel imediatamente mobilizou a bancada estadual do PMDB para que comece a acompanhar o andamento desta situação. Na opinião do partido, nada impede que uma universidade estadual e uma federal existam numa cidade como Barreiras, assim como ocorre em várias cidades brasileiras.

Participações – Participaram ainda do Encontro de Barreiras, os prefeitos de Cristópolis, Antônio Xavier, de Muquém do São Francisco, José Nicolau Teixeira, de Iaçu, Adelson Oliveira, e de Livramento de Nossa Senhora, Carlos Batista, entre outros, bem como o candidato a prefeito de Santa Maria da Vitória, Antônio de Agdonis e o ex-prefeito de Juazeiro, Misael Aguilar.

Assessoria PMDB.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top
%d blogueiros gostam disto: