Polícia

Monitoramento por câmeras no interior

Encontro de Operadores da Polícia Militar avaliará o sistema de monitoramento de câmeras de segurança no interior da Bahia.

Nesta segunda-feira (3), acontece no auditório do 1º Batalhão da Polícia Militar de Feira de Santana, o Encontro de Operadores de Sistema de Monitoramento com Câmeras, Centros Digitais de Cidadania e Telecentros. O evento vai avaliar principalmente o funcionamento do sistema de monitoramento  com câmeras implantado em Feira de Santana, Alagoinhas, Conceição do Coité, Cruz das Almas e Vitória da Conquista.

Nestas cidades, em locais estratégicos como ruas e avenidas, foram instaladas  diversas câmeras, cada uma com alcance de leitura de 300 metros e capaz de aproximar as imagens em até 12 vezes, para coibir roubos, assaltos e até a popular “saidinha bancária”, além de monitorar o trânsito.

O sistema é uma parceria entre a Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) que repassou a verba, com a Polícia Militar e a Secretaria de Segurança Pública (SSP).

Segundo o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Ildes Ferreira, “esta ação é uma mostra de que a tecnologia está presente em todos os setores da sociedade, inclusive no setor de segurança pública, garantindo uma melhor eficiência na vigilância da cidade”.

O diretor do Departamento de Modernização e Tecnologia da PM, coronel Antônio Cláudio Brandão, observou que “a utilização da tecnologia é muito importante na área de segurança pública e o monitoramento, via câmeras, representa um avanço para os municípios baianos que contam com os equipamentos”.  A parceria garantiu também a instalação em Batalhões da PM de Centros Digitais de Cidadania (CDC).

O encontro será aberto às 8h30 e durante todo o dia os comandantes dos respectivos batalhões dos municípios que contam com câmeras farão um relato do funcionamento do sistema de monitoramento. Em Feira de Santana, por exemplo, as câmeras vêm ajudando a combater e coibir crimes como furtos e roubos praticados por menores, assaltos e até seqüestros relâmpagos no centro da cidade.

To Top
%d blogueiros gostam disto: