História

Morro do Chapéu comemora 100 anos

Neste sábado, o governador Jaques Wagner (PT) participa das comemorações pelos cem anos de emancipação política do município de Morro do Chapéu, localizado a 384 km de Salvador.

Ao lado do prefeito Cleová Oliveira Barreto, o governador Wagner vai participar de uma Sessão Solene na Câmara de Vereadores, ás 9hs30. Em seguida, ele vai entregar novas casas populares, quadra de esportes e anunciar novas obras para o município.

As atrações para a festa, que começa nesta quinta-feira e segue até domingo, são Psirico, Mariene de Castro, Eugênio Cerqueira, Patrícia Fernandes, Geração Nômade, Mamulengo, Simone Sampaio, Selva Branca, Orquestra Morrense, Filarmônicas Minerva e Lira Morrense, além de atrações locais. 

O município de Morro do Chapéu está localizado na oriental da Chapada Diamantina e possui altitude média de 1.100 m. Os pontos de maior altitude podem chegar a 1.350m, sendo, portanto, uma das cidades mais frias do estado, com temperaturas beirando os 10°C nesta época do ano.

História da Cidade

A cidade tem sua história cercada de lendas e mistérios, que incluem até visitas de extraterrestres. São lendárias as notícias das passagens de Munibeca, o descobridor das minas de prata, e de Robério Dias pelas terras de Morro do Chapéu. Também a permanência do sertanista Romão Gramacho influiu no desbravamento da região, onde desenvolveu atividade exploradora, ficando o seu nome fixado no do rio Vereda do Romão Gramacho.

A fertilidade do solo muito concorreu para que alguns exploradores se fixassem às margens do riachão Utinga (atual Município de Utinga), fazendo plantações e edificando moradias. Entretanto, o principal fator do povoamento de Morro do Chapéu foi a concessão de grande área de terras ao 6º Conde da Ponte, estabelecendo-se várias fazendas. Em 1724, quando se iniciou a exploração de ouro na freguesia de Jacobina, já se desenvolvia a criação de gado nas áreas do território do atual município.

A Lei estadual N.° 751, de 8 de agosto de 1909, elevou à categoria de cidade a sede do Município. Na divisão administrativa vigente, o município é formado pelos seguintes distritos: Morro do Chapéu (sede) Barro Alto, Cafarnaum, Camirim, Canarana, Dias Coelho, Duas Barras do Morro, Lagoa do Boi, Mutungu do Morro, Várzea do Cerco e Ventura. A comarca foi criada pela Lei estadual N.º 1.119; de 21 de agosto de 1915, desmembrada da de Jacobina e instalada a 27 de outubro do mesmo ano. Desde 19 de junho de 1945, é integrada apenas do próprio Município.

To Top
%d blogueiros gostam disto: