Política

PSB diz que ida de ex-socialistas para o PMDB já era esperada

Filiados de apenas 13 das 290 cidades onde o PSB está organizado deixaram o partido para aderir ao projeto do Ministro Geddel Vieira Lima, esse é balanço que o Partido Socialista Brasileiro faz da recente desfiliação de militantes da legenda.

Segundo a direção do partido, “Nenhum dos 16 prefeitos, nenhum dos 12 vices prefeitos e nenhum dos vereadores dos 88 municípios acompanharam os adesistas ao PMDB. Somados, os votos dos que saíram do PSB não chegam a  20 mil para Deputado Federal e a 15 mil para Deputado Estadual”.

O partido informa ainda que, na eleição passada, “somente a deputada Lídice da Mata teve 188.927 votos. Somadas as votações dos prefeitos, deputados estaduais e vereadores, pode se dizer que o PSB perdeu menos de 5% dos seus votos. Isso, no aspecto eleitoral. Politicamente a situação é ainda mais vexatória”.

A nota distribuída à imprensa diz ainda que “os que agora se dizem socialistas do PMDB de Geddel se ofenderam quando dirigentes do PSB declararam que eles eram a quinta coluna do Ministro no partido, sem significado eleitoral e politicamente infiltrados do PMDB  no PSB”.

A nota é finalizada com os seguintes termos: “A adesão formal do ex-presidente da Executiva Municipal do PSB de Salvador  e outros ao PMDB não surpreendeu aos dirigentes do partido socialista”.

To Top
%d blogueiros gostam disto: