Polícia

MP combate venda de carne clandestina

335 quilos de carne clandestina foram apreendidos na cidade de Medeiros Neto.

Dando efetividade a uma das metas do planejamento estratégico do Ministério Público estadual para o ano de 2009, o promotor de Justiça Jader Santos Alves realizou, no último dia 7, no município de Medeiros Neto (localizado a 950 km de Salvador), uma operação conjunta com a Vigilância Sanitária e policiais militares da 44ª Companhia Independente da Polícia Militar, visando o combate à comercialização de carne proveniente de abate clandestino ou vendida em condições impróprias para o consumo. Durante a operação foram apreendidos 335 kg de carne no mercado Municipal e em outros dois estabelecimentos comerciais.

Conforme o promotor de Justiça, na oportunidade, a Vigilância Sanitária autuou os comerciantes responsáveis pelas irregularidades e distribuiu cartilhas educativas a fim de alertar os consumidores para os riscos do consumo de carne derivada de abate clandestino.

Desde o ano de 2003, o Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça do Consumidor (Ceacon) desenvolve o projeto “Consumo Saúde e Meio Ambiente: Redução de Danos Sócio-Ambientais Surgidos pelo Consumo de Leite, Carne e Derivados de Má Qualidade” que tem como objetivo pactuar com os comerciantes de carnes a adequação de seus estabelecimentos de acordo com as normas que regem a atividade e fazer cessar o comércio de carne de origem bovina em todos os municípios situados até 200 km de um matadouro inspecionado.

Fonte: Ministério Público

To Top
%d blogueiros gostam disto: