Educação

Uesb recebe visita de gualtemaltecos

As atividades fazerm parte de um Programa de Cooperação Internacional, envolvendo, dentre outros, a universidade.

A Uesb é entidade cooperante que representa o governo brasileiro na área da agricultura e alimentos em diversos países do mundo. Por isso, recebe constantemente a visita de membros de instituições de ensino estrangeiras. Na semana passada, cinco engenheiros da Guatemala visitaram a Universidade. As atividades fazem parte de um Programa de Cooperação Internacional envolvendo a Uesb, o Ministério de Relações Exteriores do Brasil e o governo da Guatemala, na América Central.

O programa está em vigor há cerca de dez anos e conta com a participação da Uesb na capacitação e treinamento de técnicos e engenheiros agrônomos. Diversos professores colaboraram nesta etapa, entre eles o reitor da Instituição, professor Abel Rebouças, além de colaboradores de outras universidades. A chegada dos técnicos gualtemaltecos no Brasil faz parte da continuidade dos trabalhos iniciados em fevereiro de 2008 na capital daquele país.

Os integrantes da equipe da Guatemala também visitarão diversas entidades de pesquisa e ensino, empresas públicas e privadas sob a orientação da Uesb, nos estados da Bahia, Sergipe e Minas Gerais.  De acordo com o reitor Abel Rebouças, essas parcerias são de grande importância para abertura de outras oportunidades acadêmicas, além de contar positivamente na avaliação da Universidade junto ao Ministério da Educação (MEC) e à Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) nos diversos programas de pós-graduação que ocorrem em nível de mestrado e doutorado. 

A Uesb é uma das poucas universidades brasileiras que atua no âmbito da cooperação internacional em diversos países da América Latina e Ásia representando o governo brasileiro. Dentre os países mais recentemente incorporados a esse apoio internacional encontra-se o Haiti, onde o governo brasileiro coopera na reconstrução desse país. A Universidade também foi convidada pelo Ministério de Relações Exteriores, através da Agência Brasileira de Cooperação (ABC) a contribuir na produção de alimentos e meio ambiente. Os técnicos da Guatemala devem encerrar suas atividades no dia 15 próximo, quando retornam ao seu país.

To Top
%d blogueiros gostam disto: