História

Riachão festeja aniversário e padroeiro

O município de Riachão do Jacuipe, na região do Sisal, festejou na sexta-feira (14) a data de sua emancipação política. Na oportunidade, o ministro Geddel Vieira Lima, pré-candidato ao governo do Estado em 2010 pelo PMDB, também esteve na cidade. Neste domingo (16) as comemorações são pelo padroeiro, São Roque.

Riachão do Jacuipe foi emancipado no dia 14 de agosto de 1928, completando agora, portanto, 81 anos de existência. A Filarmônica Lira 8 de Setembro se apresentou pelas ruas da cidade.

O ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima (PMDB), pré-candidato ao governo do Estado em 2010, fez uma rápida visita à cidade de Riachão do Jacuipe na última sexta-feira à noite. O ministro foi recebido pelo prefeito local, que lhe declarou apoio na próxima eleição.

O evento, que seria para reinaugurar as obras de recuperação do Mercado de Carne, que se arrastava há aproximadamente um ano, acabou se transformando num ato político. Depois de oito meses após ser reeleito com fortes acusações de uso da máquina pública, o prefeito fez a sua primeira “grande inauguração”, mesmo com o município recebendo mensalmente receitas superiores a R$ 2,5 milhões. 

Antes da chegada de Geddel, contudo, um carro de som do Sindicato dos Servidores Públicos de Riachão do Jacuipe (SINSPUM) circulou pelas ruas da cidade denunciando abusos cometidos pelo prefeito. Segundo a direção do Sindicato, mais uma vez o prefeito não cumpriu acordo acertado com os servidores para o pagamento da “Progressão” prometida para julho, isso depois de várias tentativas para uma reunião, que se arrasta desde abril.

O Sindicato denuncia ainda que o prefeito e os seus representantes tentam enganar os servidores com desculpas, além de tratarem a direção do SINSPUM com “descaso”, “piadinhas” e tentativas de desestabilização. Além do carro de som, a direção do Sindicato distribuiu uma Nota de Repúdio pela forma como o prefeito vem tratando os servidores.  

Festejos de São Roque  

 

Além de comemorar o seu aniversário de emancipação política, em 14 de agosto, o município de Riachão do Jacuipe vive também as comemorações do seu Padroeiro, São Roque, que tem o dia 16 de agosto como data oficial.

Os festejos de São Roque têm forte tradição no município. A Paróquia Jacuipense promove uma vasta programação religiosa com alvorada, foguetório, quermesse e missa na Igreja Matriz, que fica no centro da cidade. Ontem, sábado (15), aconteceu a lavagem. Neste domingo, os festejos têm o seu momento culminante com missa e procissão.

Tradicionalmente, as comemorações pelos festejos de São Roque aconteciam com forte participação popular, com missa, procissão, além da parte profana, que era destacada pela famosa Lavagem de São Roque, originada da Rua Barão do Rio Branco, também conhecida como “Rua do Fogo”.

Para animar a festa, os Barbeiros de Pé de Serra, uma tradicional bandinha de sopro do, à época, povoado Pé de Serra (hoje emancipado), que por muitos anos animou a Lavagem de São Roque. A festa também já teve animação da Banda do Biriba.

To Top
%d blogueiros gostam disto: