Economia

Distritos expõem produtos na Expofeira

Quem gosta de comidas típicas e música autêntica tem um espaço exclusivo no Parque de Exposição João Martins da Silva. O “Caminho da Roça” tem sido um dos locais mais requisitados da Expofeira 2009.

O “Caminho da Roça” reúne a cultura e as tradições dos oito distritos de Feira de Santana. De Tiquaruçu, Edilson Pimentel trouxe a cultura do bonsai (embora de origem oriental, o bonsai é cultivado na região) e agradou os visitantes. Envolvido com a Expofeira há cinco anos, ele garante que consegue fazer bons negócios durante a feira. “Temos bonsai, plantas ornamentais e frutíferas. Elas chegam a custar entre R$ 3 e R$ 5 mil”, revela.

A miniatura de árvores frutíferas também atraiu a atenção do funcionário público Joaquim Oliveira. “É tudo muito bonito. Vou levar alguma coisa para casa”, garantiu. A artesã Marilene Brito trouxe do distrito Governador João Durval bonecas terapêuticas e ecológicas. “Minhas bonecas foram premiadas em 2007 no 7º Mercado Cultura Mundial, em Salvador”, conta.

A culinária da zona rural também está presente no “Caminho da Roça”. Marizete Ferreira trouxe pelo nono ano o beiju. A iguaria, recheada com diversos sabores, tem atraído a atenção de muitos visitantes do Parque de Exposição. “O nosso beiju já é um tradição da Expofeira. Quem prova, gosta e volta”, disse Marizete.

Na noite da última segunda-feira, feriado nacional de 7 de setembro, uma das atrações do “Caminho da Roça” foi o cantor “Zé de Arruda”.

To Top
%d blogueiros gostam disto: