Meio Ambiente

Produtores da Chapada Diamantina sofrem com a falta d’água

A região da Chapada Diamantina, que é cortada pelos rios Utinga e Santo Antônio, ambos afluentes do Paraguaçu, engloba, além de Andaraí e Nova Redenção, diversos outros municipios. Entretanto, mesmo com a abundância hídrica que abastece o local, a população dessas comunidades sofre com a falta de água até mesmo para o consumo próprio diário.

Para os produtores rurais da Chapada, mudar este quadro é primordial para transformar a realidade humana e econômica da população da região.

Esta foi a principal reivindicação dos produtores que estiveram em Salvador esta semana para cobrar investimentos e ações do governo do estado e outros órgãos para a região. Segundo Wilson Cardoso Paes Cardoso, prefeito de Andaraí, o investimento ideal do governo deve ser o de captar água dos rios e direcioná-la para o abastecimento da cidade e também para viabilizar a irrigação de plantações e lavouras.

“E muito mais fácil captar a água dos rios e distribuir pela população do que furar poços artesianos. Na minha gestão, eu ainda não furei nenhum poço, porque e impraticável”, revelou Wilson Cardoso. Segundo ele, “os custos são muito altos porque envolvem uma perfuração de grandes profundidades no solo da Chapada e que a água alcançada com este trabalho é salobra”. Isso teria causado doenças a muita gente nos dois municípios, em especial crianças, que desenvolveram doenças como o cálculo renal. 

O prefeito acredita que o investimento deve ser incluído no programa estadual Água para Todos, que fará com que não só a economia como também a saúde da população tenham ganhos significativos. “Se o governo conseguir fazer apenas meia tarefa em cada um dos assentamentos, nós temos condição de abastecer toda a Chapada Diamantina e ainda Feira de Santana com cenoura, beterraba, couve e outros produtos”, sentenciou Cardoso.

Atualmente, as comunidades dependem intensamente da freqüência do carro-pipa nos municipios, uma vez que não existe abastecimento regular. O governo deve fazer um levantamento técnico para calcular a possibilidade de abastecimento no Água Para Todos em diversos povoados e assentamentos da região. Caso seja de fato viabilizada, a iniciativa deve beneficiar a saúde e os ganhos econômicos de cerca de 700 famílias de pequenos agricultores.

Prefeitos buscam apoio para agricultura

Os prefeitos Wilson Cardoso (Andaraí) e Ivan Soares (Nova Redenção), representando a União dos Municipios da Chapada Diamantina (UMCD), em Salvador, percorreram diversas secretarias estaduais e autarquias em busca de apoio para a agricultura dos seus municípios.

A comitiva foi formada ainda por 20 presidentes de Associações Rurais da Chapada. O objetivo é obter recursos e apoio técnico junto ao Governo do Estado e Federal para o desenvolvimento agrário da Chapa Diamantina, potencializando a produção e gerando mais riqueza para os seus municípios.  

To Top
%d blogueiros gostam disto: