Cultura

Feira de Santana viveu o VIII Encontro de Figuras Populares

Os 100 anos do Jornal Folha do Norte foi o tema do VIII Encontro de Figuras Populares realizado pelas Organizações Tracajá neste domingo (27), na sede social da Euterpe Feirense, em Feira de Santana.

O evento reúne anualmente pessoas muito conhecidas e populares de Feira de Santana e Região. Artistas, políticos e, especialmente, gente do povo, se fizeram presentes mais uma vez no palco do já consagrado evento.

O Encontro de Figuras Populares é uma oportunidade em que amigos se encontram para conversar, e entre uma bebida e outra, assistir a apresentações de artistas consagrados. Cantores, cantadores, contadores de causos, poetas e escritores voltaram a marcar presença na festa deste ano, marcada por muita animação, cheia de cheiros, cores, sabores e alegrias.

No ano passado, o Encontro fez uma homenagem póstuma ao cantor Waldick Soriano, que havia falecido antes de poder receber um título de Cidadão Feirense, aprovado pela Câmara Municipal, através de um projeto do vereador Getúlio Barbosa. A festa contou ainda com a participação de artistas consagrados como Xangai e Del Feliz, além de artistas locais.

Segundo Reginaldo Tracajá, este ano algumas figuras muito populares de Feira de Santana foram homenageadas durante o evento por algumas peculiaridades. O jornalista José Carlos Pedreira (Zé Coió), por exemplo, foi homenageado por ser uma das figuras mais conhecidas e queridas da cidade. Coió já passou dos 70 anos, quase trinta de jornalismo e o seu jornal NoiteDia completou 11 anos no dia 18 passado, dia do aniversário da cidade.

Também foi homenageado o empresário José Olympio Mascarenhas, cidadão de um pioneirismo ímpar na cidade. Foi sua a primeira loja (Visão Moda Masculina) a vender através de crediário próprio. Ele também realizou em Feira de Santana o primeiro Congresso Lojista da Bahia. Criou o Baile Caju de Ouro e fundou a primeira rádio FM da cidade (hoje Princesa), entre outras coisas. Mascarenhas também completou 70 anos no mês de agosto.

A cantora feirense Céliah Zain e o músico Tito Pereyr também foram homenageados pelo trabalho que acabaram de fazer juntos. Eles gravaram um CD contendo 10 músicas de Noel Rosa acompanhadas ao piano. Um trabalho inédito, digno do reconhecimento popular e, com certeza, bom de ouvir, pois resgata o que ainda há de bom na Música Popular Brasileira.

Artistas feirenses são figuras sempre presentes ao evento, além de figuras folclóricas como Lampião, Zico Sena e Siri dos Canecos, entre outras figuras carimbadas. Artistas de expressão nacional e internacional também marcaram presença no Encontro.

To Top
%d blogueiros gostam disto: