Interior da Bahia

Polícia

Itamaraju: funcionário de parque é detido acusado de estupro

Menina teria sido puxada até o trailer, onde fora trancada e obrigada a praticar relações sexuais com o acusado.

Uma ação conjunta do Conselho Tutelar e Polícia Civil, realizada na noite dessa terça-feira, 6, resultou na prisão de um indivíduo de prenome Jhone, mais conhecido como “Cabeludo”, que é funcionário de um parque de nome não divulgado. Ele se instalou na cidade há pouco mais de sete dias, e é acusado de ter mantido relações sexuais com uma adolescente de 14 anos de idade, durante a noite dessa segunda-feira, 5.

Segundo informações da mãe da vítima, a menor teria saído em companhia de algumas amigas, por volta das 16h dessa segunda-feira, onde seguiram em direção ao parque. A mãe da menor conta que sua filha passou a noite fora de casa e que, devido ao sumiço da mesma, se dirigiu ao Conselho Tutelar pedindo auxilio ao órgão na realização de buscas com a finalidade de localizar a sua filha. O mesmo procedimento foi realizado no Complexo Policial onde prestou queixa relatando o desaparecimento da garota.

Informações ainda dão conta que a mãe da menina teria localizado a adolescente nas imediações do Colégio Reitor Edgar Santos no final da tarde dessa terça-feira, 6. De imediato, a menor foi levada pela mãe até o Complexo Policial, onde acionaram os conselheiros tutelares Aimberê Gomes e Ilonda Carvalho, que ouviram a declaração da adolescente que relatou toda a sua trajetória após ter saído de casa na tarde da segunda-feira, 5.

A adolescente contou aos conselheiros que, chegando ao parque, brincou em alguns brinquedos e que nesse momento conheceu o funcionário do parque, “Jhone Cabeludo”. A menor ainda relata que foi puxada pelo referido rapaz, que dizia querer lhe mostrar algo. A partir de então, a adolescente foi levada para um dos trailers do parque que serve de dormitório para “Cabeludo”.

O depoimento da menor ainda prossegue afirmando que o acusado, trancou o trailer pelo lado de dentro, tirou sua roupa e lhe forçou a praticar relações sexuais. A adolescente disse que pediu para que o acusado interrompesse o ato, mas ele pedia para que ela relaxasse. Após as declarações da menor, os conselheiros e agentes civis se deslocaram até o parque e conduziram “Cabeludo” ao complexo policial, onde se encontra detido á disposição das autoridades competentes. A menor foi encaminhada ao Hospital Geral de Itamaraju (HGI), onde passou por exames médicos.

Informações do Sul Bahia News

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas