Polícia

Acusado de matar ex-vereador de Wanderley se entrega a polícia

Abílio Ferreira Mota é ex-genro do ex-vereador e empresário assassinado. Segundo informações, eles teriam um relacionamento conflituoso por causa da divisão de bens.

Se entregou a Polícia na última sexta-feira, dia 9, Abílio Ferreira Mota, acusado de ser o autor dos disparos que mataram o empresário e ex-vereador, Flaviano José Fernandes, 76 anos, no município de Wanderley, região Oeste da Bahia.

Segundo depoimento prestado ao Delegado de Barreiras, Carlos Ferro, o acusado disse não se lembrar do ocorrido e que havia tomado remédios controlados e ingerido bebida alcoólica momentos antes do crime.

Flaviano, mais conhecido como Vivi, foi morto pelo ex-genro, com seis tiros de revólver, por volta das 19h30 de segunda-feira (5) no posto de combustíveis de sua propriedade, com o nome fantasia de Posto Sete, quando abastecia a moto de uma cliente.

Flaviano José Fernandes foi vereador pelo antigo PFL (atual DEM), de 1994 a 1998, além de empresário com grande número de amigos na região, ao contrário do ex-genro, com o qual tinha um relacionamento conflituoso, principalmente no tocante a divisão de bens, de acordo com os familiares.

De acordo com o agente policial José Osvaldo, várias pessoas presenciaram a cena e foram intimadas para prestar depoimento ao delegado de Cristópolis, Arnaldo Monte, que atende esporadicamente em Wanderley, onde não tem titular no cargo.

Jornal Nova Fronteira

To Top
%d blogueiros gostam disto: