Política

Em passagem por Barra, Lula diz que Ciro e Dilma têm “vocação solo”

Em viagem à cidade de Barra, com pré-candidatos, Lula voltou a defender a transposição do Rio São Francisco e falou de politica.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse hoje que tanto a ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) quanto o deputado Ciro Gomes (PSB-CE) têm vocação para “carreira solo”. Dilma e Ciro são pré-candidatos à Presidência. Ambos pertencem a partidos da base aliada de Lula.

“Olha, eu adoro os dois, eu adoro os dois, mas me parece que eles têm vocação para serem cantores “solo”, mas de qualquer forma, eu adoro os dois e vamos ver o que vai acontecer”, disse Lula hoje em Barra, na Bahia.

Ciro e Dilma acompanham Lula na vistoria a obras de revitalização do rio São Francisco. O governador de Minas, Aécio Neves (PSDB), também se juntou ao grupo em outro trecho da viagem. Aécio disputa a indicação para encabeçar a chapa tucana à Presidência com o governador de São Paulo, José Serra.

Apesar da companhia de tantos pré-candidatos, Lula negou o caráter eleitoral da viagem. “Porque eu acho que em uma obra dessa a gente não pensa em fazer lançamento de candidatura, até porque a eleição está muito longe, ou seja, em uma obra dessa a gente vem dizer para o povo que essa obra vai acontecer de verdade.”

Para justificar a presença de Ciro, Lula fez elogios à luta do deputado pela obra. “Eu convidei o companheiro Ciro Gomes para vir aqui por uma questão de respeito por um homem que foi, no primeiro momento, o grande elaborador desse projeto, foi a pessoa que brigou por esse projeto e trouxe a companheira Dilma e também ia trazer o companheiro José Alencar, se ele estivesse bem de saúde.”

Um pouco antes, em Buritizeiro (MG), Lula chamou o encontro de tantos pré-candidatos de comício. “No nosso projeto original de fazer essa viagem, não estava previsto a gente fazer comício, estava previsto a gente visitar as obras, porque nós queremos fazer uma sinalização para o Brasil e para o mundo”, disse Lula, que não corrigiu a palavra, usada apenas durante campanha eleitoral.

Leia mais na Folha de S. Paulo

To Top
%d blogueiros gostam disto: