Política

Presidente do PMDB participa da festa de emancipação de Terra Nova

Missa e sessão solene na Câmara de vereadores com direito a parabéns marcaram os 48 anos de Emancipação Política de Terra Nova.

O presidente do PMDB da Bahia Lúcio Vieira Lima chegou às 10hs ao município aniversariante. Acompanhado do prefeito de Terra Nova, Francisco Hélio de Souza – Jajá (PMDB), do vice-prefeito Humbertinho (PMDB), do vice-prefeito de Mairí, Bonifácio (PT), e de vereadores seguiram para a Paróquia de São Roque – padroeiro de Terra Nova, onde assistiram missa em homenagem ao aniversário da cidade celebrada pelo padre Reinaldo, pároco da região.

Depois da homenagem religiosa, foram para a Câmara de Vereadores, onde teve início a sessão solene com direito a discursos recheados de apoio à candidatura do ministro Geddel Vieira Lima ao governo do estado em 2010 e críticas ao governo atual, em função da falta de segurança pública que assola, não só a região, como todo o estado.

A exemplo da recente agressão sofrida pelo prefeito Jajá e família, quando foram assaltados em sua residência rural na semana passada por oito elementos, que invadiram a casa e mantiveram todos sob a mira de armas, além de outros casos de agressões físicas e psicológicas e mais uma desova de pessoa desconhecida que aconteceu nas proximidades de Terra Nova, deixando assim, a população em pânico e com sentimento de vulnerabilidade.

Ainda na Câmara, em clima de críticas, o vice prefeito Humbertinho, lembrou a situação degradável da educação e saúde e citou também a recente contemplação do governo ao município vizinho de Amélia Rodrigues com uma ambulância “semi-nova” para servir às demandas emergenciais da população. “Será que merecemos receber do governador um presente usado? Carro usado, todos sabem que apresentam problemas constantes, e se o caso for muito emergencial e essa ambulância quebrar na estrada? o doente ficará ao Deus dará”, declarou o vice-prefeito Humbertinho.

Em pronunciamento, o prefeito Jajá, agradeceu a presença do presidente Lúcio e ressaltou a importância das obras já iniciadas de calçamento para as ruas da cidade, através da verba recebida do Ministério da Integração Nacional, no valor de 900 mil reais.

Lúcio agradeceu as palavras de carinho de Jajá, parabenizou o município pelo aniversário e lamentou a veiculação do nome da cidade negativamente na imprensa baiana e nacional em função dos episódios acontecidos, até porque a segurança pública é de responsabilidade do Estado e não do município.

Ao final da sessão, foram para a residência oficial do prefeito, onde um almoço foi oferecido ao presidente e convidados.

To Top
%d blogueiros gostam disto: