Política

Prefeitura apura escândalo dos alvarás em Itabuna

Para o Secretário de Administração, Gilson Nascimento, a denúncia é muito grave e medidas serão tomadas.

A Controladoria da Prefeitura de Itabuna vai investigar o escândalo envolvendo a emissão irregular de alvarás de funcionamento, feita na terça pelo fiscal da Secretaria da Indústria, Comércio e Turismo José Roberto Farias na Câmara.

O fiscal afirmou que 10 bares foram autuados e fechados na noite de sexta-feira, no bairro Pontalzinho, durante operação da Patrulha do Silêncio. Mas no sábado todos estavam abertos de novo, com alvarás de funcionamento recém-emitidos.

A emissão dos documentos ocorreu mesmo o setor de tributos da Secretaria de Fazenda da Prefeitura de Itabuna ficando fechado nos finais de semana e só reabrindo na terça-feira, por causa do feriado antecipado do Dia dos Comerciários.

Para o Secretário de Administração, Gilson Nascimento, a denúncia é muito grave. Ele afirmou que, comprovadas as irregularidades, haverá a exoneração do ocupante do cargo, se comissionado.

Ou aberto processo administrativo para demissão, no caso de o responsável ser um servidor concursado. Nos bastidores já se ouvia falar em uma manobra para “arranjar” um “bode expiatório”, que pode ser o próprio fiscal.

To Top
%d blogueiros gostam disto: