Economia

Programa Minha Casa, Minha Vida entrega primeiras moradias na Bahia

Amanhã, 26, em Feira de Santana, serão entregues as chaves das primeiras moradias proporcionadas pelo programa. 177 famílias serão beneficiadas.

A Caixa Econômica Federal e a Prefeitura de Feira de Santana vão entregar, na próxima segunda-feira (26), as chaves das primeiras moradias do ‘Programa Minha Casa Minha Vida’, na Bahia. Participarão do evento, o vice-presidente do banco, Carlos Borges, o prefeito do município, Tarcízio Pimenta, entre outras autoridades.

Serão beneficiadas 177 famílias com renda entre três e seis salários mínimos. As unidades estão distribuídas em dois empreendimentos, que receberam juntos recursos da ordem de R$ 8,7 milhões. Tratam-se dos residenciais Viva Mais Parque Ipê e Parque das Araras.

Até o momento, a Caixa já contratou na região 10.724 moradias dentro do programa, com investimentos superiores a R$ 449,4 milhões. Do total, são 9.218 unidades para famílias com renda de zero a três salários mínimos, no volume investido de R$ 364,6 milhões e 1.506 unidades na faixa de 3 a 6 salários, com o volume investido de R$ 84,7 milhões.

Esse volume de operações proporciona a geração de mais de 11 mil empregos diretos e a contratação de 32 empreendimentos. As últimas contratações, destinadas a família de zero a três salários mínimos, foram em Serrinha, com 326 unidades e investimento de R$ 13.306.733,58; em Itaberaba, com 500 unidades, totalizando R$ 18.497.768.96; e em Conceição do Coité, 500 unidades, com investimento de R$ 18.484.257,28. Em Alagoinhas, foram contratadas 411 moradias destinadas às famílias de 3 a 6 salários mínimos com investimento total de R$ 24.816.384,36.

Os empreendimentos

O Residencial Viva Mais Parque Ipê possui 89 unidades e recebeu R$ 5,7 milhões em investimento. As casas possuem 43,20 m2, com quartos, sanitário, cozinha e área de serviço externa em lotes de 133,20 m2. A área comum é composta de piscina adulto e infantil, espaço gourmet, salão de ginástica, salão de jogos, brinquedoteca, parque infantil, quadra de esportes gramada, salão de festas.

Já o Residencial Parque das Araras tem um investimento de R$ 3 milhões. O condomínio fechado possui 88 casas, com área de 45,05 m2, 2 quartos, sanitário, cozinha e área de serviço, além de área comum composta de piscina adulto e infantil, parque infantil, quadra gramada e salão de festas.

Os beneficiários que adquiriram suas moradias pagarão prestações em torno de R$ 340, tendo em vista o subsídio do Governo Federal, que pode ser de até R$ 17 mil, variável de acordo com a renda familiar.

Notícia do Correio

To Top
%d blogueiros gostam disto: