Polícia

Delegado do caso Maurício Cotrim é assassinado em Ipiaú

Ele foi morto após sair da delegacia por dois homens que estavam numa moto. O delegado é mais um entre as várias vítimas que possuem relação com o caso Cotrim.

O delegado André Luiz Serra, 42 anos, o primeiro a investigar a morte do ex-deputado estadual e empresário Maurício Cotrim, foi assassinado na noite desta quinta-feira (29), quando comia acarajé em uma praça de Ipiaú, Sul da Bahia, onde trabalhava desde o mês de junho.

Segundo informações da Polícia Militar, dois homens chegaram em uma moto e deflagraram quatro tiros. O delegado morreu na hora. Testemunhas disseram que os bandidos fugiram em uma motocicleta Honda Biz, vermelha, placa ignorada. Mais de 200 policiais civis e militares de diversas regiões realizam buscas aos criminosos.

André Luiz Serra, que já foi coordenador da Polícia Civil de Teixeira de Freitas, foi designado pela Secretaria de Segurança Pública da Bahia, em 2007, para investigar o caso Maurício Cotrin, assassinado em Itamaraju em setembro do mesmo ano.

Dois meses depois do crime e em menos de 24 horas de investigação, ele anunciou ter elucidado o caso, prendendo o pistoleiro Antonio Medeiros, 50. “Alemão”, como era mais conhecido, foi solto meses depois e denunciou que foi obrigado a assumir o crime e prometeu processar o Estado.

Alemão, junto com outras quatro pessoas que tinham alguma ligação com o caso Cotrim, foram executados posteriormente. Entre os mortos, a viúva do ex-deputado. Em agosto deste ano, o delegado Moisés Damasceno, de Itabuna, o último designado para a investigação, anunciou a conclusão do inquérito, com a prisão de dez pessoas.

Com informações do Radar.

To Top
%d blogueiros gostam disto: