Serviços

Detran aposta na identificação digital para coibir fraudes

A proposta é que até o ano de 2010 todos os municípios estejam atendendo pela novo sistema de identificação. Algumas cidades já receberam o Sidtech.

Após o feriadão, os Centros de Formação de Condutores (CFCs) da capital baiana vão receber técnicos do Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) para a instalação do novo sistema que vai monitorar a freqüência dos candidatos à Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

A proposta foi anunciada durante a apresentação, na quarta-feira (28), do Sistema de Identificação por Impressão Digital (Sidtech) pelo diretor geral do órgão, Adriano Romariz. Ele disse que o Detran está sempre disposto a contribuir para a segurança do trânsito. “Esse projeto é uma amostra de que queremos um trânsito melhor”.

Na ocasião, o diretor de Habilitação, Márcio Blanco, salientou aos representantes de CFCs que o sistema é uma solução e não um problema. “O Detran e seus parceiros estarão sempre à disposição para esclarecer possíveis dúvidas sobre o sistema. Todos os funcionários serão devidamente preparados e o Sidtech está sendo adaptado à nossa realidade sem abrir mão da segurança, que é o ponto forte do projeto”.

Só em Salvador, 67 CFCs vão deixar de usar as velhas listas de presença no final de cada aula. Com o Sidtech, o monitoramento será ainda mais freqüente – no início, no intervalo e no término das aulas, tanto teóricas quanto práticas. Além disso, o sistema vai manter uma comunicação permanente e on-line com o Sistema do Registro Nacional de Habilitação (Renach) do Detran-BA.

O controle de presença não vai atingir apenas aos candidatos à 1ª habilitação. Aqueles que vão fazer renovação, adição ou mudança de categoria também estão enquadrados no novo método. Para a captura dos dados, os Centros vão precisar instalar algumas ferramentas básicas como um computador com acesso à internet e o programa (que inclui o software, leitor digital e câmera).

A 2ª Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) de Alagoinhas foi a primeira a receber o Projeto Piloto do Sidtech, que compreende municípios de Catu, Esplanada, Inhambupe, Entre Rios e Rio Real. Os dez CFCs destas localidades receberam com muito entusiasmo o novo sistema e os monitores já foram capacitados para usá-lo.

Sistema vai diminuir burocracia

Para o diretor de um dos CFCs de Catu, Eliel da Silva de Jesus, a ideia de monitorar a frequência dos alunos via on-line está trazendo muitas melhorias para os Centros. “Hoje temos em média, duzentos alunos matriculados. Todos assinavam manualmente a frequência. Agora, tudo será mais rápido. A conexão do CFC com o órgão será direta”.

Eliel e o presidente do Sindicato das AutoEscolas e Centros de Formação de Condutores do Estado da Bahia (Sindauto), Abelardo Filho, compartilham da mesma opinião. Eles afirmam que os aspectos vão melhorar com a implantação desse sistema. Além de diminuir a burocracia para o preenchimento da freqüência manual pelos alunos, vai permitir que os Centros mantenham uma ligação on-line com o Detran, de forma dinâmica e veloz. O sistema anterior, mesmo que rígido, ainda ficava passível de fraude. “O Sidtech trará maior confiabilidade e credibilidade ao serviço”.

Todos os municípios baianos deverão ser atendidos até 2010, de acordo com o cronograma da portaria. A próxima região será a de Feira de Santana (3ª Ciretran), Itaberaba (9ª Ciretran), Ipirá (21ª Ciretran), Conceição do Coité (26ª Ciretran) e Serrinha (29ª Ciretran), que receberão o Sidtech a partir do dia 16 de novembro.

Agecom

To Top
%d blogueiros gostam disto: