Educação

Feira – Cidade Digital atinge 67 mil acessos

Em processo de implantação iniciado há seis meses, o programa de Internet livre Feira Cidade Digital já atingiu a marca dos 67 mil acessos, com o sinal de distribuição em apenas seis bairros de Feira de Santana.

Nesse período, mais de 2.100 pessoas já se cadastraram ao serviço oferecido pelo Governo Municipal sem nenhum custo ao cidadão feirense, bastando apenas se cadastrar pela própria Internet.

O programa Feira Cidade Digital já dispõe de sinal de Internet propagando nos bairros Feira X, contemplando também o bairro Muchila; Rua Nova, propagando até o Morada do Sol; Jomafa, chegando ao 35º BI e praça Coronel Jorge Luís Souza, ao conjunto Luiz Eduardo Magalhães; Feira V; Feira VI, propagando pelo Parque Ipê, Campo Limpo e campus da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs); além da praça de alimentação Gilson Pereira, na avenida Getúlio Vargas.

O diretor-presidente da Fundação Cultural Municipal Egberto Costa, César Orrico, observa que o conjunto Feira VI, última localidade a ser contemplada com o programa, já desponta liderando no volume de acessos. “Isto ocorre porque este conjunto é considerado um bairro universitário, devido a grande quantidade de estudantes que residem no local. Além disso, também é a comunidade onde existem mais computadores e notebooks por metro quadrado da cidade”, destacou.

Cobertura em toda a cidade

A pretensão do Governo Municipal é de implantar o programa de Internet livre em todos os 44 bairros e mais oito distritos feirenses. A previsão, segundo César Orrico, é de que o sistema seja totalmente instalado até final do próximo ano. “Vamos dar maior impulso na implantação deste programa de Internet gratuita na cidade a partir do próximo mês, quando a Prefeitura fará licitação pública visando contratar empresa para instalação dos equipamentos”, destacou.

Paralelo a este serviço, a administração municipal também está implantando o programa Saúde Digital, com a total informatização dos serviços de saúde na rede municipal. O programa possibilita o atendimento aos pacientes através de sistema informatizado, eliminando a burocracia e documentos. Apenas com a coleta da digital da pessoa no leitor ótico, todo o cadastro médico estará à disposição instantaneamente.

To Top
%d blogueiros gostam disto: