Interior da Bahia

Esporte

Lionel Messi é o Bola de Ouro 2009

O meia-atacante argentino Lionel Messi, do Barcelona, se tornou o primeiro jogador do país a vencer a Bola de Ouro da revista "France Football", superando o português Cristiano Ronaldo e o espanhol Xavi Hernández.

Messi, de 22 anos, obteve 473 votos, contra 233 para Cristiano Ronaldo, do Real Madrid, e 170 para Xavi, também do Barcelona. Iniesta, Eto’o, Kaká, Ibrahimovic, Rooney, Drogba e Gerrard completam os dez primeiros colocados.

O argentino é um dos jogadores mais jovens a receber a honraria concedida pela revista francesa, perdendo apenas para Ronaldo, que tinha 21 anos quando ganhou o prêmio pela primeira vez, em 1997, e pelo inglês Michael Owen, que o conquistou em 2001 com 22 anos.

Diferentemente do maior atleta da história argentina, Messi não criou grande identificação com nenhum clube do seu país natal. Depois de pisar nos gramados com a camisa do Newell’s Old Boys, o garoto, na época, teve constatado um problema hormonal, o qual o impedia de crescer. Os problemas ósseos impediram o canhoto de prosseguir sua carreira na Argentina.

Entretanto, a vida do humilde menino de Rosario mudou completamente no ano 2000. Depois de impressionar em um teste com a camisa do Barcelona, o gigante catalão, Messi conseguiu ingressar nas categorias de base do clube que, consequentemente, bancou todo o tratamento de saúde do franzino menino.

“Eu o contratei em 30 segundos; ele me chamou muita atenção. Em meus 40 anos de futebol, jamais havia visto coisa semelhante. De cinco situações de gol, ele converte quatro. E tem uma habilidade excepcional. Me lembrou o melhor Maradona. Seu primeiro contrato eu assinei, simbolicamente, em um guardanapo: queria contratá-lo o quanto antes, não podia deixá-lo escapar”, disse o ex-treinador do Barcelona Carles Rexach, na época, comandante dos juniores.

Lapidado nas categorias inferiores do Barcelona, Lionel Messi fez sua estreia na equipe profissional em 2004, com apenas 16 anos. O argentino debutou na inauguração do estádio do Dragão, do Porto, e mostrou o talento pouco reconhecido na Argentina, mas valorizado pelos lados da Catalunha.

O tradicional prêmio da revista francesa, existente desde 1956, é o quinto troféu individual enviado à prateleira da residência de Lionel Messi, somente neste ano. O argentino faturou o troféu Di Stéfano, honraria de melhor atleta do Campeonato Espanhol de 2009, o ‘Onze de Ouro’, concedido pela revista francesa Onze Mondial, a indicação de número 1 do ano pela publicação inglesa Four Four Two e o prêmio de melhor atleta da última edição da Copa dos Campeões da Europa. Ele é o favorito também na eleição da Fifa.

Fonte: Espnbrasil

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas