Política

Em América Dourada, Souto acusa governo de retardar a Estrada do Feijão

Em visita a América Dourada, neste sábado, o presidente do Democratas, o ex-governador Paulo Souto, lamentou o descaso com a Estrada do Feijão, rodovia que foi recuperada até Porto Feliz durante a sua gestão.

“Em novembro de 2006, deixamos acertado o projeto e confirmado o financiamento com o Banco Mundial (Bird) para a recuperação dessa e de outras rodovias. Os recursos foram liberados ainda no início de 2007. Não dá pra entender porque até hoje não iniciaram esta obra, o que tem provocado tantos transtornos e prejuízos ao povo de toda região de Irecê?”, indagou Souto, respondendo ele próprio em seguida: “Deve ser pra in iniciar às vésperas da eleição pra tentar, mais uma vez, enganar a população da Bahia”.

As declarações de Paulo Souto provocaram aplausos do público que lotou a Câmara de Vereadores de América Dourada para a posse do presidente do DEM local, Fernando Dourado, o Fernandão. Segundo o ex-governador, tem sido na base da propaganda de realizações fictícias e na deturpação de números até em artigos assinados pelo próprio governador, que o governo do PT vem querendo passar uma impressão fantasiosa da Bahia.

“Mas a população que volta dos hospitais, que é vítima de epidemias de dengue e meningite em proporções jamais vistas, que assiste ao massacre de 12 mil baianos assassinados nesses três anos de gestão petista, não acredita mais nessa propaganda exaustiva e está completamente desiludida com o governo atual”, disse.

Recepção.

Pelo celular

A ida de Souto a América Dourada foi marcada pela calorosa recepção de lideranças da região. Acompanhado do presidente estadual do PSDB, Antônio Imbassahy, do ex-prefeito de Feira, José Ronaldo (DEM), e dos deputados Cláudio Cajado (DEM) e João Carlos Bacelar (PTN), o ex-governador foi recebido na Câmara pelo presidente da Casa, Márcio Costa (PP) diversos vereadores e por boa parte dos secretários municipais.

O prefeito Guinga (PMDB), que estava em Porto Alegre e teve problemas com as conexões do vôo para a Bahia, não conseguiu chegar a tempo, mas ligou em plena sessão para, pelo celular amplificado pelo microfone do plenário, mandar sua saudação a Paulo Souto: “Infelizmente não pude chegar a tempo. Sou seu admirador, seja como político, como administrador e por tudo que o senhor fez por nosso município. Faço questão que o senhor, logo após a sessão, dê uma volta nessa praça maravilhosa que tem aí ao lado e quem foi o senhor quem construiu para o povo de América Dourada”.

O convite do prefeito foi aceito por Paulo Souto, que, logo após o encerramento do evento na Câmara, seguiu para a Praça, onde foi bastante cumprimentado pela população local.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas