Meio Ambiente

Conferência em Copenhague discute mudanças climáticas

A Conferência das Mudanças Climáticas das Nações Unidas, em Copenhague, na Dinamarca, reúne representantes de 192 países para discutir formas de reduzir o impacto ambiental. O encontro teve início na segunda-feira (7) e a Bahia está sendo representada pelo deputado federal Colbert Martins.

De acordo com o deputado Colbert Martins, o evento reúne cerca de 30 mil pessoas de todos os lugares do mundo. Em entrevista a Rádio Povo, diretamente da Dinamarca, o deputado Colbert relata que nesta quarta-feira (9) foram discutidos os temas da desertificação e o aquecimento global, que é causado principalmente pela emissão de gases.

“O mundo nunca viu um evento dessa amplitude. São trinta mil pessoas que representam empresas e organizações não governamentais de todos os lugares do mundo. É com certeza o maior encontro do século 21 e cada um de nós precisa fazer uma pergunta: o que estamos fazendo para cuidar do Meio Ambiente em nosso país? E eu me pergunto também: o que estamos fazendo para cuidar do Meio Ambiente em Feira de Santana?”. Essas e outras perguntas serão respondidas nesse encontro”, explica o deputado.

Colbert Martins é Relator da Comissão Mista de Mudanças Climáticas e defendeu ontem a posição brasileira em favor da produção dos biocombustíveis. Ele acompanhou parte do evento paralelo que o governo brasileiro organizou, durante a Conferência das Nações Unidas (ONU) sobre o Clima, em Copenhague, na Dinamarca – a COP 15 – para esclarecer dúvidas gerais em relação à contribuição dos biocombustíveis para a mitigação das mudanças climáticas.

“O Brasil é hoje o maior produtor mundial de biocombustíveis e prevê investimentos de R$ 23 bilhões na expansão da produção e da oferta dessa fonte energética alternativa até 2017”, afirma Colbert. Na Câmara, os biocombustíveis são o tema exclusivo de uma subcomissão da Comissão de Meio Ambiente e de um grupo de trabalho formado na Comissão de Minas e Energia.

Conferência

O encontro em Copenhague tem como objetivo estabelecer a forma pela qual o mundo vai reduzir as emissões de gases do efeito estufa. Os cálculos do Painel Intergo­­ver­­namental de Mudanças Climá­­ticas (IPCC, na sigla em inglês) mostram que a temperatura global já subiu 0,74 grau centígrado no último século. As nações participantes da conferência devem aceitar em Copenhague a meta de reduzir em 40% as emissões de gases, em um acordo que substituiria o Protocolo de Kyoto, que tem validade até 2012.

Carol Seixas – Correspondente de Feira e Região

To Top
%d blogueiros gostam disto: