Interior da Bahia

Meio Ambiente

Governo e catadores discutem o lixão de Juazeiro

O secretário estadual do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Nilton Vasconcelos, visitou na última segunda-feira (21) o Lixão de Juazeiro. Na ocasião, ele conversou sobre a implantação do convênio assinado em outubro para a capacitação de 220 catadores de resíduos sólidos em Juazeiro e a criação de uma cooperativa.

O secretário estadual do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Nilton Vasconcelos, visitou na última segunda-feira (21) o Lixão de Juazeiro. Na ocasião, ele conversou sobre a implantação do convênio assinado em outubro para a capacitação de 220 catadores de resíduos sólidos em Juazeiro e a criação de uma cooperativa.

O convênio assinado entre a secretaria estadual e o Ideia prevê, além da capacitação, a aquisição de equipamentos como prensa, balança, carrinhos de coleta, uniformes e equipamentos de proteção individual para os trabalhadores. Segundo Vasconcelos, os recursos destinados ao convênio são na ordem de 380 mil reais.

O coordenador geral do Ideia, Frederico Rivelli, informou que as primeiras capacitações já estão acontecendo e as turmas são formadas também por catadores de material reciclável que atuam fora do Lixão da cidade. “O tema da primeira capacitação é associativismo e cooperativismo e 220 pessoas estão cadastradas. Durante alguns meses, os alunos terão aulas sobre plano de negócios, desenvolvimento sustentável, educação ambiental, políticas públicas, coleta e beneficiamento dos resíduos recolhidos, entre outros”, disse.

Durante a visita Nilton Vasconcelos foi informado pelo Assessor de Obras e Projetos Estruturantes Flávio Luiz Ribeiro, que o projeto da Prefeitura de Juazeiro que prevê a Remediação do Lixão foi aprovado durante reunião executiva na Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) em Brasília na última semana.

Ouvidos atentos às informações e perspectivas dadas pelas autoridades presentes na visita, os catadores de material reciclável do lixão estavam esperançosos sobre a mudança de qualidade de vida e de modo de trabalho. O líder dos catadores Raimundo Francisco da Silva disse que o maior desejo da classe é continuar trabalhando com a coleta de lixo, mas com a infraestrutura adequada à manutenção da saúde.

No final da visita o secretário Nilton Vasconcelos reuniu-se com o prefeito Isaac Carvalho, quando discutiu a construção de um caminho para melhorar a condição de trabalho dos catadores de material reciclável que atuam no lixão. “Vamos analisar a possibilidade de instalação de um galpão na área do lixão para que os trabalhadores comecem a realizar a coleta seletiva o que vai melhorar a condição de trabalho deles”, disse Isaac.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas