Política

Câmara paga custo de viagens de deputados a locais turísticos

Notas apresentadas vão de hotéis-fazenda a sofisticados restaurantes e foram usadas também em dias de recesso, feriados e fins de semana.

Documentos sigilosos a que a Folha teve acesso revelam que a Câmara bancou viagens de deputados a lugares turísticos  -com acompanhantes -, em fins de semana, feriados e períodos de recesso.

A documentação com os gastos foram entregues à reportagem após determinação do STF (Supremo Tribunal Federal). São mais de 70 mil notas fiscais apresentadas pelos congressistas para obter reembolso da verba indenizatória, destinada exclusivamente à atividade legislativa.

O caso ocorre menos de um ano após o escândalo conhecido como a “farra das passagens”. Os dados se referem a quatro meses, entre setembro e outubro de 2008. Em uma sala no Congresso, há notas fiscais de resorts, hotéis-fazenda, pousadas à beira-mar e restaurantes sofisticados.

Com base em outras reportagens recentes da Folha – que revelaram cinco exemplos de desvio de finalidade de verba -, a Corregedoria da Câmara abriu investigação preliminar, mas não decidiu quais casos seguirão para o Conselho de Ética e quais serão arquivados.

Com informações da Tribuna da Bahia

To Top
%d blogueiros gostam disto: