Esporte

Clubes se reúnem e Nordestão pode voltar

Campeonato regional mais rentável já realizado no Brasil, antiga solução para encher os cofres dos clubes nordestinos no primeiro semestre, o Campeonato do Nordeste pode retornar.

Os clubes se reunirão nesta quinta-feira (14), em Natal, para discutir a possibilidade de retomar a competição. Empolgado, Eduardo Rocha, presidente da Liga, chega a especular uma edição ainda em 2010.

“Posso assegurar que é muito grande a probabilidade de realizarmos ainda este ano a Copa do Nordeste. Mantive contato com o Advogado da Liga do Nordeste que me garantiu que esta possibilidade existe. Sei que a CBF não quer brigar com os clubes, assim como nós também não queremos brigar com ela, então creio que estamos bem próximos de fechar este acordo”, disse Eduardo à Radio Globo Natal.

No entanto, o problema estaria na disponibilidade de datas, já que o calendário do futebol brasileiro deste ano já foi decretado pela CBF há meses. “Ainda não existe nada acertado no tocante as datas, contudo, acredito que poderemos jogar nas mesmas datas da Copa Sul-Americana ou ainda na época da Copa do Mundo. Acredito que nos próximos dias teremos uma posição melhor quanto a este assunto”.

A última edição que contou com a presença dos principais clubes da região foi realizada em 2002, conquistada pelo Bahia. Foi, inclusive, a última taça levantada pelo Tricolor, que naquela oportunidade sagrou-se bicampeão consecutivo e hoje vive o jejum de quase oito anos sem títulos. As duas edições conquistadas pelo Tricolor foram as mais rentáveis para os times, com grandes investimentos de patrocinadores e transmissão de todas as rodadas pela TV aberta.

A baixa rentabilidade dos certames disputados nas outras regiões, como o “Torneio Rio-São Paulo” e a “Copa Sul-Minas”, teria sido o principal motivo para a extinção dos campeonatos regionais pela CBF, que desconsiderou a relevância do Nordestão para a região. Outra versão dá conta de pedidos que algumas federações – insatisfeitas com a desvalorização dos campeonatos estaduais – teriam feito à mandatária nacional.

Fato é que, a partir de 2003, a entidade disponibilizou datas apenas para os estaduais, Copa do Brasil e Brasileirão, que naquele ano teve sua primeira edição de pontos corridos na Série A, quando o Tricolor foi rebaixado para a Série B e até hoje não conseguiu retornar. Coincidência ou não, após o fim da competição regional, o futebol nordestino em geral vem passando pela maior crise da sua história.

Segundo o dirigente esportivo, hoje comentarista na Rádio Tudo FM, Paulo Carneiro, o Campeonato pode sair, mas a CBF é contra. “O problema é que ela não tem mais o que fazer para fugir de uma multa diária imposta pela justiça”, afirma um dos grandes batalhadores para a criação da Liga e do Campeonato.  

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas