Política

Imbróglio permanece na política de Barreiras após cassação de Jusmari

A situação política da cidade de Barreiras, no oeste baiano, continua bastante complicada.

Ainda ontem (31) se confirmou, conforme adiantou o Portal, a disseminação de que a prefeita Jusmari Terezinha (PR) e a vice Regina Figueiredo (PSB) estavam cassadas. Dessa vez a cassação ocorreu por irregularidades na prestação de contas da campanha (2008) e doações irregulares.

A decisão foi do juiz Eustáquio Ribeiro Boaventura, da 70ª Zona Eleitoral de Barreiras, que estabeleceu a perda do mandato e a inelegibilidade de ambas por 3 anos.

Novo prefeito

Como, segundo assessores da Câmara de Vereadores de Barreiras, a presidenta Kelly Magalhães se afastou do cargo por tempo indeterminado, além da mesma ser pré-candidata ao cargo de deputada estadual pelo PC do B, quem assume a vaga da presidência e, conseqüentemente, o cargo de prefeito de Barreiras, é o vice-presidente Bem Hir (BI).

Como a decisão cabe recurso, informações que chegam são de que advogados de Salvador já estão preparados para recorrer e obter liminar suspendendo o efeito da cassação, que geraria novo imbróglio.

Informações do Novo Oeste, com adaptações.

To Top
%d blogueiros gostam disto: