Polícia

Após assalto, quatro alunos da Unijorge prestam queixa e vigilantes irão depor

Os vigilantes Unijorge e o motorista da van que faz transporte de alunos da instituição foram convocados para prestar depoimento sobre o assalto que aconteceu no estacionamento externo da universidade na manhã desta terça-feira (02).

A van é usada para levar os estudantes do estacionamento externo para o prédio onde as aulas acontecem.

Quatro estudantes da Unijorge já prestaram queixa na 10ª Delegacia (Pau da Lima) – eles estavam acompanhados de uma assistente jurídica, segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP).

De acordo com o delegado plantonista Antônio Cardoso Júnior, os alunos contaram que estavam na van quando foram abordados por dois ladrões, que roubaram os celulares e dinheiro dos jovens. Além deles, outras 12 pessoas estavam na van no momento do crime. Segundo a SSP, os estudantes disseram em depoimento que não houve troca de tiros neste momento.

A polícia espera mais depoimentos para poder colher detalhes sobre o aspecto físico dos ladrões e fazer um retrato falado. Não há câmeras no estacionamento externo da Unijorge, segundo a SSP. 

Gol roubado

O carro roubado pelos bandidos para fugir da Unijorge, um Gol preto, foi abandonado 15 minutos depois, em frente à própria universidade. O dono do carro, um estudante do local, já havia dado queixa na Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (DRFRV).

De acordo com este estudante, houve troca de tiros entre os bandidos e um homem que estava na Ladeira Conjunto Paralela. Um dos tiros atingiu a parte dos fundos do veículo. Os bandidos atravessaram até o canteiro da Paralela, onde conseguiram roubar outro carro e fugiram.

O dono do carro foi orientado a levar a veículo para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) para passar perícia. Informações do Correio.

To Top
%d blogueiros gostam disto: