Polícia

Ex-prefeito alcoolizado lidera tumulto em festa de Pedro Alexandre

A alegria contagiante dos festejos pelos 49 anos de emancipação política do município de Pedro Alexandre, no nordeste baiano, comemorados no dia 28 de julho, por pouco não acabou em violência.

No sábado (30), na Praça de Eventos, no centro da cidade, centenas de pessoas se divertiam quando inesperadamente um grupo de pessoas no interior de caminhonete, entre elas o ex-prefeito Salorylton de Oliveira (Salon), invadiu o espaço destinado à festa e, à força, montou uma barraca particular numa área que já havia sido previamente reservada e paga por um popular, para exploração comercial durante a festa junto à coordenação do evento.

A atitude grotesca do ex-prefeito obrigou a coordenadora Joziane de Oliveira a acionar imediatamente a polícia, que chegou ao local minutos depois. Ao ser informado da situação o delegado municipal, Dr. Maurílio, tomou todas as precauções e convenceu o suposto dono da barraca, cujo nome não é nada sugestivo “Equipe Treme-Terra’, José Maria, ex-vice de Salon em 2008, a desmontá-la, já que sua montagem foi irregular.

Usando de muita habilidade a ação da autoridade policial pode ter evitado maiores conseqüências, já que todos eles estavam visivelmente alcoolizados, inclusive um capitão PM de prenome Edilson,  os policiais civis Varjão, Givanildo e Fábio, além do PM Cruz, segundo uma fonte que pediu a proteção do anonimato.

Uma testemunha contou que o capitão Edilson ainda tentou provocar o ex-prefeito Petrônio Gomes, de quem é desafeto declarado, porém, este, ao constatar o visível estado de embriaguês do PM, evitou desgastes desnecessários.  Outra testemunha acusa um dos filhos de Zé Maria de ter agredido verbalmente a coordenadora do evento Joziane de Oliveira.

A aflição e o desespero do ex-prefeito Sólon denota claramente que a equipe Treme Terra foi à praça destinada a provocar baderna e incitar a violência. A presença do delegado Maurílio e da polícia da caatinga desmantelou os ânimos dos baderneiros, que tiveram de se contentar com um espaço gentilmente cedido pela coordenação do evento.

A atitude de Salorylton de Oliveira e dos seus comandados revoltou a população de Pedro Alexandre, que viu no gesto do ex-prefeito um desrespeito ao município que ele administrou.

  

Controlado os ânimos, a festa rolou até altas horas ao som das bandas Trilha Sonora, Gilvam do Forró, Forrozão Espora de Ouro, Mano Walter, Puro Desejo e Nova Mania. A festa teve o incentivo cultural da Chesf. Informações de Bob Charles.

To Top
%d blogueiros gostam disto: