Esporte

Jacuipense empata com o Bode e dá adeus ao Baianão; torcedor fica frustrado, mas aplaude time

jacuipense-x-vitóriaO Jacuipense se despediu do Campeonato Baiano 2017, na noite desta quarta-feira (05), após empatar com o Vitória da Conquista em 0x0, na Arena Valfredão. Com 14 pontos, mas em desvantagem com o adversário em relação ao saldo de gols, o Leão do Sisal dependia de uma vitória simples para poder conquistar uma das vagas no G4. Em Feira de Santana, o Bahia local foi goleado pela Juazeirense e não soube aproveitar o empate em Riachão do Jacuipe.

A partida em Riachão do Jacuipe não teve um bom nível técnico, principalmente porque o Vitória da Conquista procurou fazer o antijogo para poder gastar o tempo, apostando no tropeço do Bahia de Feira contra a Juazeirense, o que acabou dando certo.

Com mais posse de bola, o Leão do Sisal criou pelo menos duas excelentes situações de gol na primeira etapa: uma com Thiago Lima, aos 9 minutos, num chuto forte que obrigou o goleiro Rodolfo fazer uma grande defesa. O outro veio aos 31, numa cabeçada de Índio, que tentou surpreender o goleiro, mas este fez mais uma importante defesa e colocou a bola para escanteio.

jacuipenseMas o Conquista também chegou com perigo, sendo o lance mais importante aos 45 minutos, quando o zagueiro Lídio parou e deixou o atacante Railan chutar livre, obrigando Nunes salvar de forma espetacular, colocando a bola para escanteio.

Jogo mais solto

No segundo tempo, certamente sabendo do resultado em Feira de Santana, o Vitória da Conquista soltou o freio de mão e também resolveu atacar. Mas o Jacuipense manteve sempre o controle do jogo, com mais posse de bola e fazendo mais conclusões para o gol.

Thiaguinho tentou em vários lances, mas sempre bem marcado, não foi feliz como das outras vezes. Com Levi em campo, o Leão passou a ter dois jogadores abertos, tentando furar o bloqueio conquistense. Mas a melhor oportunidade da equipe veio aos 30 m, quando o atacante Jeorge Belmont desperdiçou uma grande chance: após falta cobrada na área, livre de marcação, ele cabeceou para fora. Foi o melhor e praticamente último lance de perigo do time na partida.torcedor

Depois, a equipe passou a jogar na base do abafa, com bolas lançadas na área, na tentativa de encurtar o caminho para conseguir o gol que daria a classificação à equipe. Mas não aconteceu. O bom árbitro Jailson Macedo apitou o final da partida, para frustração dos mais de 2 mil pagantes que compareceram á Arena Valfredão. Mas aplaudiu o time, pela luta dos jogadores em campo.

O resultado deixou o Jacuipense na 5ª. colocação geral do Campeonato Baiano 2017, conquistando antecipadamente o direito de disputar o Campeonato Brasileiro da Série D em 2018. Com isso, o torcedor ficou mais aliviado.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top