Educação

Riachão: Servidores municipais se reúnem para discutir adequação do plano de carreira

IMG_20170408_161406373A Diretoria do SISPUM – Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Riachão do Jacuípe, convocou todos os Profissionais do Magistério Público Municipal e pessoal de Apoio a Educação de Riachão, para uma reunião, que foi realizada neste sábado dia (8) de abril de 2017, na sede do Sindicato, para tratar a seguinte Ordem.

Revisão e adequação do plano de carreira do magistério

Segundo a presidente do SISPUM Maria Rios, o prefeito quer mudar o plano de carreira fazer um novo plano, mas os professores já tem um plano de carreira em vigor, eles não querem que mude se for pra fazer alguma adequação, eles querem um plano unificado, é sugerem alguns incentivos.

Mas os professores decidiram  não aceitar o plano que o prefeito quer mandar para a Câmara, e querem mudanças mas não do jeito em que o prefeito propõe, e os profissionais da educação também deram sugestões para outro plano e rejeitam a projeto do prefeito, os professores entenderam que deve manter o plano que esta em vigor,  formaram uma comissão e criaram sugestões, segundo Maria Rios o prefeito disse  que caso não acetem esse projeto, que apresentem outro plano ou sugestões, na segunda-feira o pessoal das comissões irão se reunir para fazer as adequações e encaminhar terça-feira para a secretaria de educação as sugestões.

Pessoal de apoio: Rita, Roniere, Judivá.

Professores: Lice, Miriam, Sara

Essa comissão vai falar pelo restante da categoria três pessoas do pessoal de apoio, e três professores.

IMG_20170408_161414167Segundo Maria Rios o prefeito sentou apenas uma vez com SISPUM, mas ela foi informada de que ele já teria sentado com a APLB sindicato e já teria resolvido à questão do piso salarial dos professores, que já estaria tudo certo e que no mês de março fosse pago, mas segundo ela ate o momento o prefeito não pagou o piso nem o reajuste dos demais servidores que e garantido pela constituição, Maria ainda disse que foi feito em uma das ultimas assembleias com a categoria formando uma comissão e foi dado um prazo ao prefeito ate o dia 17 de abril para responder e convocar o sindicato para discutir a pauta como todo, no dia 17 às 18hs haverá uma assembleia no sindicato, caso o prefeito não convoque o sindicato ate o dia 17, nesse dia a categoria sairá da assembleia com a data marcada para começar uma greve por tempo indeterminado, pois foi o que ficou decidido na ultima assembleia.

Por Rodrigo Nascimento

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top