Saúde

Riachão: Projeto que privatiza o Hospital Municipal será lido na Câmara hoje em sessão polêmica

Um projeto polêmico de autoria do Poder Executivo Municipal será lido na Câmara de Vereadores Riachão do Jacuípe nesta quinta-feira (1º de junho) em sessão ordinária. O projeto prevê a terceirização de serviços do Hospital Municipal, quando uma empresa privada assumiria o controle pelo período de 20 anos.

O projeto encaminhado pelo Prefeito José Filho (PSD), datado de 25 de maio de 2017, ainda prevê a prorrogação da concessão por mais 20 anos. Atualmente a FUSAS recebe um repasse a Prefeitura Municipal em torno de R$ 250 mil. Segundo um usuário do Hospital Municipal, “a intenção do prefeito seria se livrar deste repasse, sem se preocupar com as consequências que a população mais pobre irá sofrer”.

Com o projeto, os servidores da FUSAS seriam colocados à disposição do município, o que certamente irá provocar demissões. Antes mesmo de ser lido e votado, o projeto tem causado reações de vários setores de Riachão do Jacuípe.

Ex-diretor do Hospital, o vereador Antônio Walter Carneiro Lima (Toinho da CTI), gravou um vídeo nas redes sociais convocando a população a reagir contra a proposta. “Não podemos entregar o Hospital Municipal, criado na década de 90 pelo ex-prefeito Valfredo Matos, que serve à população mais pobre do nosso município, a uma empresa que certamente virá para cá visando lucro”, diz o vereador.

O SINSPUM- Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, também considera temerária a decisão. “Terceirizar os serviços da FUSAS (Hospital Municipal) é precarizar o trabalho do servidor. Terceirizar a FUSAS é negligenciar os serviços de Saúde para a população jacuipense! A diretoria do SINSPUM é contra a terceirização da FUSAS. Todos contra esta arbitrariedade!”.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top