História

Tia do lateral Daniel Alves morre afogada no Rio Salitre, Juazeiro

Uma tia do jogador baiano Daniel Alves, que atua no clube francês PSG, morreu afogada no rio Salitre, afluente do rio São Francisco, em Juazeiro, norte da Bahia, nesta sexta-feira (18). A informação foi confirmada pela Polícia Civil e por familiares do jogador. Conforme familiares, a mãe de Daniel Alves é irmã da vítima e passou mal ao receber a notícia. Ela recebeu atendimento médico em um hospital de Juazeiro.

Segundo a polícia, o caso aconteceu na manhã desta sexta, após a vítima, Marlúcia Capistania, 46 anos, sair para cuidar de umas mudas de banana na fazenda Mulungu, no povoado de Salitre, onde morava. De acordo com a polícia, a família estranhou a demora dela e foi procurá-la. O corpo foi encontrado no dreno do rio, perto da fazenda, e retirado da água por familiares.

O corpo de Marlúcia foi levado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Juazeiro. A delegada Lígia Nunes, titular da 17ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin/ Juazeiro), informou que, conforme o relato de familiares, Marlúcia teve um AVC há dois anos e também estava abalada com a morte de um primo, ocorrida na noite de quinta-feira (17), também no povoado de Salitre. O rapaz, que tinha 42 anos, foi morto a tiros. O crime é investigado. Ninguém foi preso.

G1 entrou em contato com a assessoria do jogador, que informou que vai verificar se o atleta vai se pronunciar sobre o assunto. G1 Bahia/Foto Facebook

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top