Esporte

Bahia atropela o Vasco no primeiro tempo e liquida no segundo: 3 a 0, com olé

O Bahia fez bem o seu dever de casa ao vencer o Vasco da Gama por 3 a 0 neste domingo (20), na Arena Fonte Nova. Com dois gols do atacante Mendoza e um do zagueiro Tiago, o Tricolor conquistou mais três pontos no Campeonato Brasileiro. Após o resultado positivo, o Esquadrão subiu momentaneamente para a 12ª posição na tabela do torneio, com 26 pontos.

O Bahia foi o primeiro a chegar na área adversária. Logo no início do jogo, Rodrigão recebeu grande passe de frente para o goleiro Martín Silva, mas o atacante não soube aproveitar a oportunidade. A resposta dos visitantes veio logo em seguida. Aos 2 minutos, o meia Wagner chutou forte, mas a bola foi para fora.

Aos 9, falta para o Vasco. Wagner cobrou fechado na segunda trave, porém Jean afastou bem o perigo. Aos 17, foi a vez de Régis mandar na área vascaína. Desta vez, foi Luís Fabiano que tirou de cabeça. Passados dois minutos, susto nas arquibancadas do estádio. Após bobeira na saída de bola tricolor, Wagner dominou e tocou para Matheus Vital. O meia acionou Paulinho, mas o atacante desperdiçou a chance.

Aos 22 minutos, festa azul, vermelha e branca. Régis cobrou escanteio direto na cabeça de Tiago. O zagueirão subiu bem e guardou o seu: 1 a 0 para o Bahia.

Após o gol, o jogo caiu de nível com poucos lances ofensivos. Somente aos 44 minutos que o Vasco chegou bem novamente ao ataque. O meia Wagner dominou na entrada da área e arriscou. A bola carimbou a trave esquerda de Jean.

Já nos acréscimos, o Esquadrão ampliou o placar depois de um contra-ataque. O atacante Mendoza fez jus a fama de bom corredor e arrancou em direção à meta adversária. O colombiano driblou o goleiro e mandou para o fundo do gol.

Segundo tempo – O técnico interino Preto Casagrande preferiu não fazer mudanças no time durante o intervalo.

Logo no recomeço da partida, Mendoza fez o seu segundo gol e terceiro do Bahia no jogo. Após boa troca de passes, Régis bateu fraquinho, mas o goleirão cedeu rebote. O atacante apareceu na hora certa para empurrar para o fundo das redes.

Aos 4, primeira substituição no Esquadrão. Régis saiu para a entrada de Vinícius. Aos 19, Luís Fabiano tentou invadir a área e caiu no gramado. O árbitro Raphael Claus, acertadamente, não marcou nada.

Aos 25 minutos, por pouco o Tricolor não fez o quarto. Mendoza puxou contra-ataque em alta velocidade e rolou para Rodrigão. O atacante finalizou mal para fora. Um minuto depois, Zé Rafael foi substituído por Matheus Reis.

Aos 40, Juninho Capixaba sentiu cãibras e foi trocado pelo meia Juninho. O lateral saiu do campo bastante aplaudido pela torcida. Nesta altura do duelo, o Vasco não encontrava brechas para diminuir o marcador. Após os dois minutos de acréscimos, o juiz apitou o fim da partida.

O próximo compromisso do Tricolor no Brasileirão também será dentro de casa, diante do Botafogo. A partida será realizada no domingo (27), às 16h, na Arena Fonte Nova. (Informações do Bahia.Ba/ Fotos E.C.Bahia).

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top