História

Há 38 anos, Brizola retornava do exílio e lutar ao lado do povo

“Coração cheio de saudades, mas limpo de ódios”. Assim, Leonel Brizola marcava, em 6 de setembro de 1979, seu retorno ao Brasil após 15 anos de exílio. Em Foz do Iguaçu (PR), o líder trabalhista desembarcou ao lado da sua esposa, dona Neusa, e foi recebido por lideranças e militantes.

Emocionado, Brizola fez questão de reafirmar que não existiu ressentimento, além de manifestar o anseio de ser útil à causa do povo brasileiro.

“Venho para tratar do ressurgimento da nossa causa. Me sinto muito feliz por estar no Brasil por Foz do Iguaçu. Isso, aqui, é o símbolo do que o nosso país de ser, deve construir, com essa gente extraordinária do Paraná. Me sinto profundamente feliz por essa oportunidade”, declarou.

Da cidade paranaense, ele seguiu para São Borja (RS), onde visitou os túmulos de Getúlio Vargas e João Goulart. (FLB-AP/Bruno Ribeiro).

Confira abaixo registros da sua chegada:

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top