Política

Novo interrogatório, Lula nega acusações: o ‘Palocci mentiu’

Em interrogatório ao juiz Sérgio Moro nesta 4ª feira (13.set.2017), o ex-presidente Lula negou ter recebido da Odebrecht 2 imóveis como pagamento de propina. Segundo a denúncia apresentada pelo Ministério Púbico Federal, o benefício ao petista foi feito por meio de um apartamento e de um terreno onde seria instalado o Instituto Lula.

Também criticou as acusações do ex-ministro Antônio Palocci. “Eu vi o Palocci mentir aqui”, afirmou.“Fiquei com pena disso”. Disse que Palocci mentiu para reduzir alguns anos de pena.

Palocci depôs a Moro em 6 de setembro. Afirmou que o PT tinha 1 “pacto de sangue” de R$ 300 milhões com a Odebrecht. E que Lula teria recebido R$ 4 milhões em propina.

Lula diz que Palocci mentiu aos 5min de vídeo:

Assista trechos do 2º interrogatório

Após 2h10min, chegou ao fim o 2º interrogatório do ex-presidente Lula (PT) ao juiz federal Sérgio Moro, em Curitiba. O petista é acusado de ter recebido vantagens indevidas sobre 8 contratos com a Odebrecht de 2004 a 2012.

Esta é uma das seis ações penais em que o ex-presidente é réu. Ele se defendeu da acusação de ter recebido da empreiteira a oferta de compra de 1 terreno para a construção da nova sede do Instituto Lula, em São Paulo. A Odebrecht também teria oferecido 1 apartamento vizinho ao qual o ex-presidente mora em São Bernardo do Campo (SP).

Após o depoimento, o ex-presidente seguiu para 1 ato no centro de Curitiba. O PT e movimentos sociais acompanharam o depoimento de Lula desde o início da tarde, quando ele chegou à capital paranaense.

A presidente nacional do PT, a senadora Gleisi Hoffmann (PR), o ex-ministro da saúde Alexandre Padilha (PT) e diversos simpatizantes acompanham a agenda do ex-presidente.

Segurança

O governo do Paraná diz ter mobilizado cerca de 1.000 agentes de segurança para o monitoramento de toda capital do Estado. O número é menor se comparado ao primeiro interrogatório, realizado em maio, quando eram esperadas 60.000 pessoas.

Como não foi alcançado este contingente de manifestantes, o número de agentes foi reduzido. Desta vez a Sesp (Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária) estima que 5 mil participaram do ato.

Anti-Lula

O Movimento Curitiba Contra a Corrupção também realizou um ato na capital paranaense. A manifestação em apoio ao juiz Sérgio Moro, teve início às 13h30 em frente ao MON (Museu Oscar Niemeyer). (Fonte: Poder 360).

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top