Mundo

Coreia do Norte ameaça reduzir EUA a ‘cinzas’ e ‘afundar’ Japão

Um órgão estatal da Coreia do Norte ameaçou hoje usar bombas nucleares para “afundar” o Japão e reduzir os EUA a “cinzas e escuridão”, em reação à decisão do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU), na última segunda-feira, de aprovar novas sanções contra Pyongyang.

As sanções, aprovadas por unanimidade, vieram após o regime norte-coreano ter realizado seu sexto e maior teste nuclear, no dia 3.

O Comitê norte-coreano para a Paz da Ásia-Pacífico, que lida com assuntos externos de Pyongyang, também defendeu o desmantelamento do Conselho de Segurança e o descreveu como “ferramenta do mal”, segundo comunicado divulgado pela agência de notícias norte-coreana KCNA. Enquanto isso, protestos contra armas nucleares seguem acontecendo pelo mundo.

Nessa quarta, na Alemanha, manifestantes posaram ao lado de mísseis falsos usando máscaras do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e do líder da Coreia do Norte, Kim Jon-un. Eles são ativistas da organização não-governamental ICAN (International Campaign to Abolish Nuclear Weapons, ou Campanha Internacional para Abolição de Armas Nucleares, em tradução livre).

Coreia dispara novo míssil que sobrevoa o Japão

A Coreia do Norte testou nesta sexta-feira mais um míssil, que passou sobre o território do Japão, anunciaram fontes oficiais em Tóquio e Seul.

O míssil foi disparado de um local próximo a Pyongyang e sobrevoou a ilha japonesa de Hokkaido (norte) às 07H06 local (19H06 Brasília de quinta), segundo as autoridades japonesas, que acionaram o sistema de emergência J-Alert em várias regiões do norte do arquipélago.

O lançamento de mais um míssil ocorre após o Conselho de Segurança da ONU impor, esta semana, um novo pacote de sanções à Coreia do Norte pelo desenvolvimento de seu programa nuclear e balístico, que incluiu um sexto teste nuclear, de uma potência sem precedentes para o país. (BC Benny Cohen e Agencia Estado/ (South Korean Defense Ministry/Getty Images).

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top
%d blogueiros gostam disto: