Nordeste

Professora é assassinada dentro de escola, em Sergipe

Uma professora foi assassinada a tiros dentro do estacionamento do Colégio Estadual Guilherme Campos, na cidade de Campo do Brito, em Sergipe. O crime ocorreu por volta das 22h desta terça-feira (12).

Dois elementos em uma moto Honda Bros alvejaram a professora Ivana Santana Souza Oliveira, 45 anos, quando ela abriu a porta do automóvel, depois do trabalho, para voltar para casa.

Segundo o site Nenoticias, Ivana era professora remanejada e realizava atividades administrativas.

Nota da direção da escola

“É com muita tristeza que informamos o falecimento da Professora Ivânia Santana. LAMENTAMOS O OCORRIDO E COMUNICAMOS QUE HOJE NÃO HAVERÁ AULA. Diante desse fato o que podemos fazer é rezar. É preciso rezar por ela que partiu, para que descanse em paz e encontre a luz para continuar crescendo espiritualmente. Mas é preciso rezar também por aqueles que ficam, para que encontrem conforto e consigam enviar pensamentos de paz para ela que agora já não está entre nós. Os nossos mais sinceros pêsames a família. Que Deus ilumine todos!”

Polícia investiga assassinato

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Campo do Brito, iniciou na noite de terça-feira (12), as primeiras diligências sobre a morte da professora Ivânia Santana Souza Oliveira, 45 anos, morta a tiros dentro do estacionamento do Colégio Estadual Guilherme Campos, situada no município de Campo do Brito.

Segundo informações iniciais da delegada Michele Araújo dos Santos, que coordena as investigações, o crime ocorreu por volta das 22 h do mesmo dia, quando dois indivíduos em uma motocicleta Honda Bros, de cor preta, pararam em frente ao estabelecimento de ensino. Um dos elementos se aproximou da vítima e efetuou disparos de arma de fogo. A professora, que realizava atividades administrativas na escola e estava no horário de término de expediente, não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

Imediatamente após o fato, a Polícia Civil iniciou os primeiros procedimentos, sendo algumas testemunhas e familiares da vítima ouvidos na Delegacia Regional de Itabaiana. Nesta quarta-feira, 13, a delegada titular de Campo do Brito, Michele Araújo, deu continuidade às investigações ouvindo novas testemunhas e familiares da professora.

LINHA DE INVESTIGAÇÃO:

De acordo com a delegada Michele Araújo, há uma linha de investigação definida sobre o caso, entretanto a Polícia Civil não passará informações detalhadas nesse primeiro momento para não atrapalhar o andamento das diligências e prisão dos envolvidos.

 

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top