História

Seminário nesta sexta debate Conselheiro e os 120 anos do final da Guerra de Canudos

Passados mais de um século de memória, Canudos é o acontecimento histórico que mais desperta interesse de estudiosos, pesquisadores, estudantes, artistas e do público brasileiro em geral.

Neste ano de 2017, estamos rememorando também os 120 anos da morte de Antônio Conselheiro, ocorrida no dia 22 de setembro de 1897.

Para o cineasta Antônio Olavo, um dos maiores conhecedores da história de Canudos, principalmente pelas suas pesquisas in loco, Antônio Conselheiro não é só o grande líder da luta que marcou o final do século XIX no sertão da Bahia, como um vulto da nossa história.

“Conselheiro foi o grande líder da comunidade canudense, e ao longo de sua vida construiu uma trajetória que o coloca como um dos mais importantes vultos da história do Brasil”, destacou Antônio Olavo.

Seminário

Parte dessa história será relembrada nesta quinta-feira (21), a partir das 16h, durante o “Seminário Antônio Conselheiro: 120 anos de história”, no Museu Eugênio Teixeira Leal, na Rua do Açouguinho, No. 01, Pelourinho, Salvador.

O evento, que tem a organização do Museu Eugênio Teixeira Leal e da Portfolium, conta com a coordenação de Eliene Bina, Antônio Olavo, Roberto Dantas e Pedro Barboza. A mesa terá como debatedores o cantor Gereba, o historiador Manoel Neto, o cineasta Antônio Olavo e o professor Pedro Barboza.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top