Esporte

Cirurgia do atacante Roger, do Botafogo, é concluída com sucesso

A cirurgia renal do atacante Roger foi concluída com sucesso na manhã deste sábador. O procedimento tinha como objetivo a retirada de um tumor no polo inferior do rim direito. Agora, será feita uma biópsia no tumor para descobrir se ele é benigno ou maligno.

Roger fez a cirurgia num hospital da Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, e cirurgião responsável foi o dr. Raphael Rocha. O método cirúrgico foi a nefrectomia robótica: o médico comandava um robô, que foi quem manteve o contato direto com a pinça. Segundo informações oficiais de ontem, a cirurgia estava prevista para começar por volta das sete horas da manhã.

O centroavante não joga mais este ano, mas se a recuperação correr como se espera, ele pode já fazer pré-temporada com o Botafogo em janeiro de 2018. O clube já encaminhou a renovação de contrato do jogador – o atual vai até dezembro deste ano. Em casos desse tipo, a cirurgia costuma ser conclusiva – Roger, portanto, não precisaria fazer uso de medicamentos ou passar por quimioterapia ou radioterapia.

Assim que o tumor foi diagnosticado, ele recebeu todo o apoio do clube e da torcida. O departamento médico do Alvinegro acompanhou todos os passos para dar segurança ao atleta; jogadores e comissão técnica expressaram solidariedade em entrevistas e até dentro de campo, nas comemorações de gol (no último domingo, Brenner comemorou repetindo o gesto característico de Roger – ajoelhou-se e apontou para o alto); e torcedores enviaram mensagens positivas pelas redes sociais.

Roger vinha fazendo uma ótima temporada. O atacante de 32 anos havia marcado 17 gols no ano e tinha boas chances de superar a melhor marca da carreira: 22 gols, pela Ponte Preta, em 2016. (Informações de O Globo).

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top