Cultura

‘Travessias Negras’ será exibido hoje no Museu de Arte da Bahia

Será exibido nesta quinta-feira (07), às 18h, no Museu de Arte da Bahia, Corredor da Vitória, o documentário Travessias Negras, mais um trabalho do cineasta Antônio Olavo que vem tendo grande repercussão junto ao público. Lançado no dia 24 de agosto, no Teatro ISBA, em Salvador, o filme já foi exibido também em várias cidades do interior e agora retorna à capital baiana.

Travessias Negras é uma serie documental em cinco episódios, que registra a trajetória de vida de jovens negros e negras, moradores da periferia de Salvador (BA), membros de famílias com baixa renda, que através das Políticas de Cotas (Ações Afirmativas) ingressaram na Universidade Federal da Bahia – UFBA em áreas consideradas nobres. Este projeto foi viabilizado graças ao Edital para TVs Públicas – PRODAV 09 – 2014, ANCINE / FSA e após sua conclusão, está circulando na Rede Pública de Televisão em todo Brasil.

Paralelamente à veiculação na TV, Antônio Olavo e sua equipe vêm realizando um verdadeiro circuito alternativo de exibições em Salvador e no interior da Bahia, com apresentações em escolas públicas, centros de cultura, museus, universidades, e até mesmo em um presídio feminino na cidade de Juazeiro. Além de Salvador, Travessias Negras já foi exibido dezenas de vezes em Juazeiro, Jequié, Feira de Santana, Catu, Vitória da Conquista, entre outras cidades baianas.

Para Olavo a empatia da obra com o público é contagiante. “É muito gratificante ver centenas de jovens e adolescentes, a grande maioria negros e negras, se emocionarem durante a exibição e, ao final, quando geralmente ocorre um debate, afirmarem sua identificação com os relatos e as trajetórias registradas no documentário. Temos recebido inúmeros convites de exibição e acreditamos que Travessias Negras terá vida longa. Nosso desejo, sobretudo, é que ele seja exibido nas escolas públicas da Bahia e do Brasil, pois o documentário apresenta referências positivas, principalmente para a juventude negra baiana e brasileira”.

Outros trabalhos

Travessias Negras é mais um projeto de Antônio Olavo, que trabalha com temas que tratam da valoração da memória negra na Bahia e no Brasil. Entre suas obras, destaca-se Paixão e Guerra no Sertão de Canudos (1993), com locações no Ceará, Pernambuco, Sergipe e Bahia. Este filme, que tem narração de José Wilker, tornou-se grande sucesso no circuito alternativo e foi lançado em dez estados brasileiros e também nos Estados Unidos.

Em 2004, Olavo dirigiu Quilombos da Bahia, documentário pioneiro que registra o cotidiano de 69 comunidades quilombolas no território baiano. Em 2008, lançou Abdias Nascimento Memória Negra, um documentário que narra a trajetória de um dos principais líderes do movimento negro brasileiro, abrindo janelas para contar as lutas do povo negro no século XX. Em 2014, lançou seu quarto longa denominado A Cor do Trabalho, um documentário que reconstrói uma linha do tempo sobre o trabalho negro na Bahia, desde a Colônia até os dias atuais.

Atualmente Olavo está finalizando o documentário Revolta dos Búzios e iniciando as filmagens de Ave Canudos Canudos! Os que sobreviveram te saúdam, longa metragem documental selecionado no Edital Setorial do Audiovisual 2016 da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia – SECULT, também em convênio com a ANCINE – FSA.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top