História

Riachão: Morre no hospital o ex jogador e sambador ‘Louro Preto’

Morreu na noite desta terça-feira (09), no Hospital Municipal de Riachão do Jacuípe, o senhor Erasmo Pereira da Silva, mais conhecido por “Louro Preto”, aos 75 anos de idade. Ele estava internado há vários dias, mas como o seu quadro já era bastante debilitado, veio a óbito esta noite.

Nascido em 10 de maio de 1942, ex-jogador do Palmeiras de Riachão do Jacuípe, “Louro Preto” fez história no futebol da região como zagueiro durante as décadas de 70, 80 e 90. No Palmeiras ele passou por várias gerações, inclusive jogando ao lado do ex-prefeito Valfredo Matos, que foi goleiro titular da equipe durante alguns anos.

Sambador

Contemporâneo do ex-treinador Jerônimo Mascarenhas, o dia a dia de “Louro Preto” era no “Bar de Jerônimo”, no centro da cidade, mas praticamente desapareceu da ‘rua’ depois da morte do amigo, ocorrida em setembro de 2015.

Depois que parou de jogar, “Louro Preto” se dedicou mais à música, integrando o tradicional grupo de Samba de Roda das Pedrinhas, onde era o responsável por bater o pandeiro, talvez o que fazia com mais perfeição no município.

Louro era solteiro e morava com uma filha na Rua 8 de Dezembro, bairro Alto do Cruzeiro. Ele também é o pai do conhecido “Nico do Fato”. O seu sepultamento será nesta quarta-feira (10), às 16h, no cemitério de Riachão do Jacuípe.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top
%d blogueiros gostam disto: