História

Febre amarela mata diretor da Rádio Inconfidência e Rede Minas

Morreu em Belo Horizonte, na manhã desta quinta-feira (18), o músico e compositor Flávio Henrique Alves de Oliveira, de 49 anos, que também era presidente da Rede Minas e da Rádio Inconfidência. A informação foi confirmada pelo Hospital Mater Dei, onde ele estava internado com febre amarela desde o dia 11 de janeiro.

De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde (SES), Flávio teria contraído a doença em outro município da região metropolitana, que não teve o nome divulgado.

Segundo o jornal O Tempo, nos últimos dias, pelo Facebook, vários amigos do músico já vinham alertando para a possibilidade de ele estar com a doença. No entanto, a confirmação só saiu na quarta-feira (17), um dia antes de sua morte.

Flávio Henrique era uma das personalidades mais queridas de Belo Horizonte. Foi compositor, produtor e instrumentista e tinha mais de 120 músicas gravadas. Integrante do quarteto Cobra Coral, ao longo de sua carreira fez diversas parcerias com músicos como Milton Nascimento, Chico Amaral, Fernando Brant, Zeca Baleiro, Ronaldo Bastos, Vander Lee e Toninho Horta.

Ao todo, já foram contabilizadas 15 mortes pela doença, somente em Minas Gerais. (Informações do Jornal O Tempo).

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top
%d blogueiros gostam disto: