Política

2018: PSDB e PSB devem fechar aliança em vários estados

O PSB do vice-governador de São Paulo, Márcio França, deve bater o martelo nas próximas semanas no apoio ao PSDB do governador Geraldo Alckmin, que deve ser confirmado como candidato tucano à Presidência apenas após as prévias do partido.

O prefeito da capital paulista, João Dória, tem tudo para ser o candidato tucano ao governo do estado. Já no Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg (PSB) deve ter Maria Abadia (PSDB) como vice na chapa que deve ter também o PPS.

Alckmin tenta articular com o PSB que o vice Márcio França ocupe uma vaga como candidato ao Senado na chapa do PSDB-PSB.

A opção para o PSB, especialmente para a bancada do partido na Câmara, é lançar candidato próprio no 1º turno e apoiar o PSDB no 2º.

O PSB ‘flertou’ com o ex-ministro do STF Joaquim Barbosa para que ele fosse o candidato a presidente. Barbosa não desceu do muro.

Outra praça onde o PSDB deve se unir ao PSB é em Pernambuco. Paulo Câmara (PSB) deve dividir palanque com Bruno Araújo (PSDB). A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top
%d blogueiros gostam disto: