Polícia

Serra Preta: Acusados de matar Bruna têm prisões decretadas

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) prossegue com as investigações para descobrir a autoria do assassinato da adolescente Bruna Santana Mendes, 16 anos, que estava desaparecida e teve o corpo encontrado dentro de um saco na Avenida Froes da Mota, bairro Jardim Cruzeiro, em Feira de Santana.

A polícia já ouviu várias pessoas nesta sexta-feira (23) e tem uma linha de investigação sobre o crime. Materiais recolhidos como imagens e até sacos semelhantes aos encontrados com o corpo da adolescente estão sendo analisados. Os sacos foram localizados em uma residência no próprio bairro onde a garota estava hospedada na casa de parentes.

A DHPP suspeita que a garota sofreu abuso sexual, mas vai aguardar os exames laboratoriais para esclarecer. Bruna Mendes foi sufocada até a morte, segundo o delegado Fabrício Linard.

Imagens de câmeras de segurança

A polícia recolheu várias imagens de câmeras de segurança e em uma delas, aparece um homem conduzindo uma motocicleta com uma mulher na garupa. A polícia acredita ser a adolescente e um processo de melhoramento da imagem está sendo feito para se chegar a conclusão. O delegado informa ainda que outras imagens estão sendo analisadas no trabalho de investigação

Laudo da necropsia

O laudo da necropsia da adolescente saiu na quinta-feira (22) e ficou constatado que a causa da morte foi sufocamento. Não foi comprovado através do exame de necropsia o estupro, nem a gravidez da garota. A polícia aguarda ainda os resultados de exames laboratoriais. (informações: Boca de zero nove e Aldo Matos/Acorda Cidade).

 

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top
%d blogueiros gostam disto: