Esporte

Bahia cria categoria sub-23 e terá polos de captação no interior

Depois da demissão de 13 funcionários, a diretoria do Bahia apresentou na manhã desta segunda-feira (26) o novo projeto das divisões de base do clube. As principais novidades são a criação da categoria sub-23 e de polos de captação no interior do estado.

A coordenação do projeto ficará sob responsabilidade do diretor de futebol Diego Cerri, com objetivo de maior integração entre a base e a categoria profissional. Atual coordenador das divisões de base, Marcelo Lima será o gerente do departamento.

Entre os novos profissionais contratados, estão os treinadores Rafael Lopez, Thiago Santa Barbara e Pablo Fernandez, das categorias sub-15, sub-17 e sub-20, respectivamente.

O presidente Guilherme Bellintani falou sobre a expansão da captação de jovens atletas para o clube, que terá sete polos de observação em municípios considerados estratégicos no interior do estado. A meta, no futuro, é expandir para quatro estados do Nordeste e depois mais quatro em outras regiões do país.

“O polo tem dois objetivos. Primeiro ocupar o espaço vazio, e aí a gente citou estados como Espírito Santo ou Pará, que historicamente são formadores de atletas importantes do Brasil, mas que não têm trabalho de divisão de base muito significativo, e fazer também com que o atleta escolha o clube que está mais próximo dele. Além disso, a gente aumenta muito a base de observação. São polos físicos, distribuídos estrategicamente em regiões. Cidades como Feira de Santana, Vitória da Conquista e o eixo Itabuna-Ilhéus terão polos. (…) A ideia é ter em cada grande polo econômico do estado da Bahia um polo da divisão de base do clube. E depois em outros estados nordestinos”.

Bellintani exemplifica. “Às vezes um atleta de Feira de Santana que, para participar da divisão de base do clube, precisaria vir a Salvador, ele passa a não precisar mais vir a Salvador. Ele vai no polo regional e, a partir daquele momento, faz todo o processo de seleção. Eventualmente passando no primeiro filtro, ele fica até um segundo filtro, que vai gerar uma observação mais longa daquele atleta até que seja definitivamente inserido na divisão de base”.

Os polos na Bahia serão implantados ainda neste ano, e a diretoria tricolor tem mantido contato com clubes do interior – um deles foi o Vitória da Conquista – em busca de parcerias.

Time sub-23

Uma outra novidade é a criação da categoria sub-23, que não terá uma comissão fixa e será formada pontualmente de acordo com o calendário de competições. Auxiliares do clube como Claudio Prates e Luiz Iubel, ou até o treinador da equipe sub-20, podem ser requisitados para compor a equipe sub-23.

O Bahia participará do Campeonato Brasileiro da categoria a partir de maio. No atual elenco, o volante Gregore foi contratado após ser visto pelo clube no torneio de aspirantes do ano passado, pelo Santos. (Informações do Futebol Bahiano).

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top
%d blogueiros gostam disto: