Política

Professor Desiderio, PDT, retira sua pré-candidatura ao Senado

Em carta enviada ao presidente estadual do PDT, deputado federal Félix Mendonça Jr, na manhã desta terça-feira (15), o Professor Desiderio Melo comunicou a retirada de sua pré-candidatura ao Senado e anunciou que não disputará nenhum cargo nas eleições de 2018.

A decisão foi tomada também depois de uma reunião de avaliação, realizada no último sábado (12), na sede da Mouraria, em Salvador, com a presença de outros pré-candidatos e militantes do partido.

Como justificativa para a renúncia, Professor Desiderio alegou as dificuldades materiais e a resistência da Executiva Estadual em oficializar a sua pré-candidatura. “A retirada visa unificar o partido na busca de uma alternativa que seja boa para todos e garanta um palanque para Ciro Gomes na Bahia”, justificou o pedetista histórico.

Na carta, Desiderio também alega que tinha amplo apoio na base do partido e de outros seguimentos da sociedade, mas que não conseguiu sensibilizar a cúpula partidária.

“Realizamos diversos eventos para promover a candidatura. Ampliamos a nossa participação e exposição nas redes sociais, mas nada disso foi suficiente para que a direção decidisse sobre a tese de candidatura própria”, alegou. Confira abaixo a carta na íntegra:

A Comissão Executiva Estadual do Partido Democrático Trabalhista – PDT-BA

MD: Deputado Federal Félix Mendonça Júnior

Senhor Presidente

Saudações Trabalhistas

Comunico que após avaliar a nossa pré-candidatura com amigos e familiares chegamos á conclusão de que não há mais condições matérias e política para o prosseguimento do nosso projeto. Deste modo a pré-candidatura está sendo retirada de forma irrevogável pelas razões que expomos a seguir:

Comunicamos pessoalmente a Vossa senhoria o nosso desejo de disputarmos uma das duas vagas que a legislação eleitoral faculta aos partidos políticos. O mesmo procedimento foi realizado com todos os membros os membros da Executiva, detentor ou não de mandato parlamentar, pelo nosso partido. Tal encaminhamento seguiu a orientação da maioria dos militantes que se expressaram em diversas reuniões respaldando a necessidade de um palanque pedetista na Bahia. Por entender que uma candidatura majoritária, ao Senado   contribuiria positivamente para o fortalecimento de todas as outras candidaturas, do PDT, na Bahia.

No que pese o amplo apoio na base partido e de seguimentos da sociedade, não conseguimos sensibilizar a cúpula partidária. Realizamos diversos eventos para promover a candidatura. Ampliamos a nossa participação e exposição nas redes sociais nada disso foi o suficiente para que a direção decidisse sobre a tese de candidatura própria.

Por fim estabelecemos um prazo, 12/05, para a oficialização da candidatura. Na data de 11 de maio de 2018, obtivemos de Vossa Senhoria a informação de que o Partido ainda não poderia tomar tal decisão. Realizamos então no último sábado (12) uma concorrida reunião com militantes, pré-candidatos, presidentes de movimentos sociais do Partido e um vereador da cidade de Candeias, o companheiro Valdir Cruz. Contudo, o destaque da reunião foi à ausência total de membros da Executiva o que infelizmente, no mínimo, configura uma divisão entre a cúpula e a base sobre a manutenção da candidatura.

Diante do exposto, na expectativa de que o PDT retome a sua unidade, considerando ainda  que a intenção de todos que apoiaram o projeto buscam os melhores resultados para a Legenda e candidatos nas eleições de 2018,  a pré-candidatura ao Senado do professor Desiderio de Melo está sendo retirada, na esperança de que uma nova alternativa, que una a todos, possa ser construída com sucesso.

Salvador 15 de maio de 2018

Atenciosamente

Desiderio Bispo de Melo

 

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top
%d blogueiros gostam disto: