Eleições 2018

‘Ciro Gomes bombou no Jornal Nacional’, avalia a Revista IstoÉ

A entrevista que o presidenciável Ciro Gomes (PDT) deu na noite desta segunda-feira (27) ao Jornal Nacional (JN), da TV Globo, bombou nas redes sociais. No Twitter, Ciro foi um dos assuntos mais citados. E nem tanto pelo que ele falou, mas muito mais pelo que ele não falou.

Em destaque, ficou o posicionamento dos apresentadores do JN, Willian Bonner e Renata Vasconcelos, que não deixaram Ciro falar, expor seus planos. Sempre que Ciro apresentava suas propostas, era cortado por Bonner ou Renata, principalmente por Bonner. Nas redes, as brincadeiras e memes dizem que o presidenciável parecia ser Bonner e que Ciro apenas fazia comentários em cima das ideias do apresentador.

De qualquer forma, Ciro se saiu bem e as redes sociais estão se encarregando de reproduzir as falas do pedetista. E Ciro realmente está surfando na onda, sua candidatura tem subido um pouco, sobretudo quando Lula não aparece como candidato, o que de fato é o quadro real, já que o petista não poderá ser candidato.

Nesse caso, Ciro belisca votos de Lula e reforça seus índices, com uma candidatura viável para passar ao segundo turno. Ele, na verdade, disputa uma das vagas no segundo turno contra Marina Silva (Rede), Geraldo Alckmin (PSDB) e Fernando Haddad (PT).

Comentário do site:

Mais uma matéria importante, e de um veículo de comunicação que não costuma dar muito espaço aos políticos da centro-esquerda. Mas o que se viu no Brasil na noite desta segunda-feira, no Jornal Nacional da TV Globo, foi algo abominável. Jornalismo de quinta categoria. Não acredito que eles (Bonner e Renata) terão o mesmo comportamento agressivo com todos os candidatos. Deverão aliviar para o protegido deles. Ciro, para eles e o grande capital, é o inimigo a ser batido, pelas suas propostas em beneficio dos mais pobres e pela firmeza dos seus pensamentos.

O que se viu no Jornal está longe de ser jornalismo. Uma vergonha! Nenhuma pergunta sobre saúde, educação ou emprego, assuntos que interessam à população. Apenas picuinhas que nada somam ao País ou para o eleitor definir o voto. Além disso, interromperam o candidato a todo o momento, certamente para que ele não pudesse expor as suas ideias. Nem o manual para explicar como tirar o nome do povo do SPC o mal humorado Bonner quis receber. Parece que ele tem mesmo uma mágoa por Ciro ser amigo do namorado da sua ex-mulher. Ainda assim, Ciro deu uma aula nos dois. Inclusive de educação. Triste o pais em que a maior rede de TV não permite que um candidato apresente as suas propostas quando é chamado. Mas, para o bem do país, o tiro saiu pela culatra e Ciro bomba positivamente nas redes sociais.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top
%d blogueiros gostam disto: